Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Vertonghen visitou a equipa do Ajax após a goleada ao Sporting: “Gostei bastante, sobretudo da meia hora inicial”

O atual defesa central do Benfica jogou no clube de Amesterdão entre 2007 e 2012 e mantém um carinho especial pelo clube. A exibição demolidora frente ao Sporting deixou o belga agradavelmente surpreendido

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

O internacional belga do Benfica não se esquece dos anos que passou no Ajax e aproveitou o embate dos neerlandeses frente ao Sporting para rever velhos amigos. Vertonghen passou cinco anos em Amesterdão, entre 2007 e 2012.

Sobre o jogo, que terminou com uma goleada do seu antigo clube ao campeão português e grande rival do Benfica, Jan Vertonghen admitiu aos órgãos de comunicação neerlandeses que viu “essencialmente a primeira parte”. “Depois tive de ir deitar os meus filhos, mas gostei bastante,” admite o belga.

O ex-Tottenham admitiu: “Conheço bem o Sporting mas ver o quão dominador foi o Ajax (…) surpreendeu-me positivamente. Eles são bons e movimentam-se muito bem com a bola”.

A goleada por 5-1 ao Sporting deixou a equipa de Rúben Amorim de semblante carregado e, apesar da qualidade do adversário, jogadores e equipa técnica deixaram o relvado em choque.

  • O hábito faz o monge. A análise ao que correu mal para o Sporting ser atormentado pelo som da bola nos pés dos jogadores do Ajax
    Sporting

    O Ajax joga, do ponto de vista ofensivo, de uma forma que o Sporting nunca defrontou. Houve, aos soluços, nas competições internas, adversários que foram fazendo aparecer o ponto mais frágil da organização defensiva no modelo de jogo de Rúben Amorim: o espaço nas costas da primeira linha de pressão. E como não é uma regularidade, analisa o treinador Blessing Lumueno, os jogadores do Sporting sentiram muita dificuldade para controlar e contrariar uma equipa que sabe o que fazer quando a bola entra no corredor central

  • Choque milionário com a realidade
    Sporting

    O regresso da Liga dos Campeões a Alvalade foi um pesadelo para o Sporting, que foi goleado (5-1) pelo Ajax numa noite em que tudo correu mal. A equipa de Amorim sofreu dois golos nos primeiros 10 minutos, ainda reduziu por Paulinho, mas uma exibição em cheio de Haller (autor de um póquer), a qualidade de Antony e as fragilidades defensivas e inexperiência do Sporting deitaram tudo a perder