Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Bernardo Silva impressionou Thierry Henry na vitória do City contra o Chelsea: “Foi o melhor jogador em campo e encheu-me os olhos”

Depois de uma pré-temporada complicada, com muitas setas a apontar para a saída, Bernardo Silva parece ter ultrapassado a sua insatisfação no clube de Manchester. Thierry Henry, lenda do Arsenal, elogia a grande forma do português. Frente ao Chelsea, Bernardo Silva foi o melhor em campo. "É assim que se vencem campeonatos," disse o antigo avançado francês

Tribuna Expresso

James Williamson - AMA

Partilhar

No rescaldo da vitória do Manchester City frente ao Chelsea, Pep Guardiola já se tinha referido ao português como “um dos melhores do mundo”, analisando não apenas a prestação de Bernardo nesse jogo, mas as que tem demonstrado ao longo das épocas que leva em Manchester.

O técnico catalão considera que o jogador formado no Benfica foi “o melhor” na sua primeira época em Inglaterra e que, ultrapassadas algumas questões que o fizeram baixar um pouco o nível — jogava numa posição que não era a sua — o português está de volta à grande forma.

Guardiola disse ainda: “Ele é tão intuitivo, sabe sempre como tem de jogar e antecipar o que vai acontecer, com e sem bola”. O técnico mostra um verdadeiro apreço por Bernardo Silva: “Tudo o que eu quero é que seja feliz, aqui ou noutro clube, porque ele merece o melhor. O jogo dele contra o Chelsea não é, para mim, uma surpresa”.

Também Thierry Henry, o antigo internacional francês e goleador do Arsenal, se mostrou impressionado com Bernardo Silva. “Para mim, o Bernardo Silva foi o melhor jogador em campo e encheu-me os olhos” disse o ex-futebolista, chamado a dar a sua opinião sobre o jogo entre Manchester City e Chelsea.

Ao programa “Man of The Match” da "BBC", o francês lembrou que Bernardo Silva “estava insatisfeito e queria sair”, referindo o papel de Guardiola no regresso do português à boa forma. “Acreditem no que eu digo, estive lá — no Barcelona então treinado por Pep Guardiola — e, se não fizeres como ele diz, vais para o banco ou para a bancada,” disse Henry.