Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

Mourinho depois da pior derrota da carreira: "Não temos uma equipa muito boa"

O treinador português estava obviamente furioso depois de a Roma ter sido goleada por 6-1 pelo modesto clube norueguês Bodø/Glimt. Em declarações aos jornalistas, o técnico voltou a ser muito crítico em relação à sua própria equipa e disse: "A primeira equipa deles é melhor do que a nossa segunda"

Tribuna Expresso

DeFodi Images/Getty

Partilhar

José Mourinho não é conhecido por engolir facilmente as derrotas. Há, no entanto, algumas que não cabem sequer na boca de um treinador. A derrota da Roma por 6-1 em casa do campeão norueguês e completo desconhecido do futebol europeu (até ontem), Bodø/Glimt, quiçá o único clube do mundo com uma barra no nome, levaria qualquer um ao desespero.

Mourinho tentou mostrar-se composto mas as suas declarações traíram-no.

“Não temos uma equipa muito boa. Eles têm mais qualidade do que nós. A primeira equipa deles é muito melhor do que a nossa segunda”, atirou Mourinho. “O erro é meu. Quis deixar a descansar alguns jogadores depois do jogo com a Juventus e antes da partida com o Nápoles. Tomei estas decisões e, no fim, eles são melhores jogadores do que os meus. Eles têm uma equipa melhor do que a minha,” prosseguiu o técnico.

“O jogo foi numa direção em que perdes totalmente o controlo das emoções, de tudo. A realidade do jogo é que a melhor equipa venceu, com os melhores jogadores. A única coisa que posso dizer é que tentei fazê-lo com boas intenções, para fazer descansar os meus jogadores para o próximo jogo, mas fomos traídos por isso. Eles são melhores do que nós,” insistiu Mourinho que enfrentou grande parte do jogo com atletas menos utilizados mas, diga-se, a Roma sofreu a maioria dos golos com substituições feitas e algumas das suas estrelas já em campo.