Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Revista de Imprensa

"O futebol evoluiu e Mourinho ficou na mesma", diz Glen Johnson, antigo jogador do Chelsea

Glen Johnson, que chegou a ser treinado por José Mourinho no Chelsea, considera que o português foi "uma lufada de ar fresco" mas acomodou-se. Outros técnicos, mais jovens, aprenderam com ele, alcançaram-no e alguns terão mesmo ultrapassado o treinador da Roma

Tribuna Expresso

Glen Johnson com Mourinho nos tempos do Chelsea

Darren Walsh

Partilhar

O antigo internacional inglês e jogador do Chelsea nos tempos do “Special One”, Glen Johnson, deu uma entrevista ao jornal inglês “Daily Mirror” e falou do seu antigo treinador. Johnson analisou a carreira de Mourinho, começando por considerar que, quando apareceu, o português “foi uma lufada de ar fresco” e um “diamante em bruto”.

“Ninguém que eu conhecesse tinha trabalhado com um treinador explosivo como ele, pela forma como organizava as reuniões da equipa e mostrava as táticas, que eram inacreditáveis,” confessou Johnson.

Todavia, o tempo passou e, de acordo com o inglês, Mourinho ficou parado, confiando demasiado nas ideias (que deixaram de ser) novas que trouxe para o futebol. “Os treinadores mais jovens aprenderam com ele, alcançaram-no e ficaram ao nível dele,” conclui o antigo jogador do Chelsea. “Acho que o jogo evoluiu e ele ficou na mesma,” diz.

A verdade é que, nos últimos anos, Mourinho não tem sido bem sucedido em nenhum dos projetos que abraçou. Em Old Trafford, o português era visto como o homem certo para recuperar a glória perdida com a saída de Alex Ferguson. Mesmo com a vitória na Liga Europa, Mourinho não deixou grande imagem em Manchester e acabou por ser despedido. No Tottenham, as coisas não lhe correram bem e na Roma a vida não está fácil. Em 18 jogos, Mourinho leva 10 vitórias, dois empates e seis derrotas.