Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

O efeito CR7: há mais 28 Cristianos Ronaldos registados na FPF

Desde que o avançado português se estreou oficialmente com a camisola do Sporting, em 2002, que o nome Cristiano Ronaldo entrou no imaginário e até na onomástica nacional. Só de jogadores nascidos em 2004, o ano da explosão na Seleção Nacional, há 10 registos na base de dados da Federação Portuguesa de Futebol

Tribuna Expresso

GABRIEL BOUYS

Partilhar

De forma mais ou menos ortodoxa, com maior ou menor ajuda do guarda-redes ou talvez até do relvado sintético do estádio LFF de Vilnius, Cristiano Ronaldo terminou o encontro de terça-feira com um póquer, quatro golos, naquela que foi a segunda vez em 160 jogos pela Seleção Nacional que o jogador da Juventus conseguiu tal feito.

Mas a era Cristiano Ronaldo começou bem antes de 10 de setembro de 2019. Talvez a 14 de agosto de 2002, dia em que o capitão da Seleção Nacional se estreou oficialmente pelo Sporting, ninguém ainda conseguisse imaginar que aquele miúdo se tornasse num dos maiores futebolistas da história, mas bastaram meses para o então jovem Cristiano Ronaldo deixar meio mundo de boca aberta com a sua técnica e velocidade.

E bastaram meses para o nome Cristiano Ronaldo entrar no léxico, no imaginário e na onomástica dos portugueses.

Basta para isso fazer uma pesquisa pelo nome na base de dados da Federação Portuguesa de Futebol. Além do avançado nascido há 34 anos, há mais 28 Cristianos Ronaldos registados em clubes portugueses de futebol e futsal pelo país fora e todos eles nascidos após a estreia do jogador português em competições oficiais.

Já há um Cristiano Ronaldo nascido em fevereiro de 2003, meses depois do primeiro jogo com a camisola do Sporting, numa pré-eliminatória da Champions, frente ao Inter, mas o ano mais predominante é mesmo o de 2004: há dez Cristianos Ronaldos nascidos em 2004, boa parte deles nascidos após o Euro 2004, competição que o jogador português explodiu com a camisola de Portugal, com a qual se estreou em agosto de 2003.

E estes são só os Cristianos Ronaldos inscritos na Federação Portuguesa de Futebol. Fora aqueles que não jogam ou jogaram futebol. Devem ser, portanto, já centenas.