Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

Ronaldo a ultrapassar Ali Daei? É possível, mas talvez só depois do Europeu

O português chegou aos 93 golos pela Seleção Nacional depois do póquer frente à Lituânia e já só está a 16 de igualar o avançado do Irão. Caso repita a forma das duas últimas temporadas, poderá mesmo tornar-se no melhor marcador de sempre a nível de seleções

Lídia Paralta Gomes

NurPhoto

Partilhar

São 160 jogos pela Seleção Nacional e, até ver, 93 golos, uma média de mais de 0,58 golos por jogo. Com o póquer marcado à Lituânia, que se juntou ao golo apontado dias antes à Sérvia, Cristiano Ronaldo está cada vez mais perto de Ali Daei, o iraniano que lidera a lista de melhores marcadores de sempre ao serviço da Seleção Nacional.

Daei, poderoso ponta-de-lança que se notabilizou na Alemanha e no seu país, marcou um total de 109 golos pela seleção do Irão, pelo que Cristiano Ronaldo terá de marcar mais 17 golos para chegar ao topo da lista. Para tal, e olhando para os dois últimos anos de Cristiano Ronaldo pela Seleção, é possível que o capitão de Portugal tenha de continuar a jogar para lá do Europeu 2020, caso a Seleção Nacional se qualifique.

Entre 31 de agosto de 2017 e o final do encontro com a Lituânia, terça-feira, Cristiano Ronaldo marcou 18 golos pela Seleção onde se incluem, além dos quatro golos à Lituânia, mais três hat-tricks: frente às Ilhas Faroé, na qualificação para o Mundial da Rússia, frente a Espanha, no Mundial e no encontro das meias-finais da Liga das Nações, com a Suíça. Caso repita este registo nas próximas duas temporadas - e não esqueçamos que o avançado não participou na fase de grupos da Liga das Nações -, Cristiano Ronaldo poderá muito bem ultrapassar Ali Daei e bater mais um recorde entre os muitos recordes que tem.

Capitão da Seleção Nacional momentos antes de completar o hat-trick frente a Espanha no Mundial 2018

Capitão da Seleção Nacional momentos antes de completar o hat-trick frente a Espanha no Mundial 2018

Etsuo Hara

Isso pressupõe que Cristiano Ronaldo, que está a caminho dos 35 anos, continue a jogar por Portugal a seguir ao Europeu, questão sobre a qual o português ainda não se pronunciou publicamente.

As próximas oportunidades para marcar

Para já, Cristiano terá mais quatro oportunidades para aumentar o pecúlio na fase de qualificação para o Europeu. Para lá do complicado jogo na Ucrânia, a 14 de outubro, que muito deverá decidir sobre o 1.º classificado do Grupo B, Portugal vai receber a Lituânia e terá ainda o duplo confronto com o Luxemburgo - e aqui estarão provavelmente as melhores oportunidades para Cristiano marcar, face às diferenças competitivas entre Portugal e os rivais.

O Luxemburgo, ainda assim, já não é o bombom de antigamente. Neste século, Portugal defrontou oito vezes a seleção luxemburguesa e ganhou sempre. Desses oito jogos, Cristiano Ronaldo esteve em seis e marcou 3 golos - portanto, dentro da sua média de 0,58 golos por jogo.

Depois da fase de qualificação voltará a haver datas FIFA em março, onde Portugal deverá realizar dois jogos de preparação. Antes do Europeu, Portugal voltará a fazer jogos particulares. E no Europeu, caso se qualifique, Portugal fará pelo menos três jogos. Em quatro participações em Campeonatos da Europa, Cristiano Ronaldo marcou um total de 9 golos - no último, em França, marcou três.

Não faltarão portanto oportunidades para Cristiano voltar a marcar, mas caso mantenha a sua média, o recorde terá de ficar para depois do Europeu.