Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

Corria tudo bem: a Lazio perdera, a Juventus ganhava por dois e Ronaldo tinha marcado. Depois, o AC Milan reagiu

Cristiano Ronaldo fez o 2-0 para a Juventus em casa do AC Milan, porém, o campeão italiano perdeu 4-2 e desperdiçou a oportunidade de ampliar para 10 os pontos de vantagem para a Lazio, derrotada em Lecce pouco antes

Daniele Badolato - Juventus FC

Partilhar

Cristiano Ronaldo fez o 2-0 para a Juventus em casa do AC Milan, porém, o campeão perdeu 4-2 e desperdiçou a oportunidade de ampliar para 10 os pontos de vantagem para a Lazio, derrotada em Lecce pouco antes.

O desaire, por 2-1, da Lazio em casa do aflito Lecce abria caminho à Juventus para aumentar a vantagem no comando, mas a 'vecchia signora', que procura o nono cetro consecutivo em Itália, não resistiu à reação do AC Milan, que na jornada passada tinha vencido por 3-0 em casa da Lazio.

Cumpridas 31 das 38 jornadas, Cristiano Ronaldo e 'companhia' têm uma folga de sete pontos para a Lazio (75-68), numa ronda na qual Inter (64) e Atalanta (63) podem aproximar-se: já a equipa de Stefano Pioli subiu provisoriamente ao quinto lugar, com 49, mais um do que Roma e Nápoles, ambos também com um jogo por disputar.

O francês Rabiot inaugurou o marcador aos 47 minutos em lance individual no qual evitou vários adversários e, ainda fora da área, rematou forte, sem defesa, tendo, aos 53, Cuadrado lançado Cristiano Ronaldo, que não perdoou.

O jogo parecia prematuramente sentenciado, porém Ibrahimovic (62) reduziu de penálti, em braço confirmado no videoárbitro, quatro minutos antes de o sueco tabelar com o marfinense Franck Yannick Kessié, que empatou em zona frontal.

Apenas um minuto depois, aos 67, Rafael Leão, que saiu do banco aos 60, rematou entre o guarda-redes e o poste, beneficiando ainda de um ligeiro desvio num contrário, tendo o croata Ante Rebic, aos 80, setenciado o resultado.

A Lazio começou na frente logo aos cinco minutos, em lance caricato no qual o guarda-redes escorregou ao aliviar, defendendo depois um primeiro remate, mas revelando-se impotente para a recarga de Felipe Caicedo.

O avançado senegalês Babacar empatou, aos 30, em desvio de cabeça e, aos 45+5, Mancosu falhou um penálti, atirando por cima.

Aos 47, Lucioni, igualmente de cabeça, redimiu o colega, fazendo o 2-1 final, que deixa o Lecce provisoriamente em 17.º lugar, com mais um ponto -- e um jogo -- que o Génova, já em posição de descida.

Já em tempo de descontos, o espanhol Patrício Gabarrón Gil mordeu um adversário e foi expulso, em mais um sinal de descontrolo da equipa de Simone Inzaghi.