Tribuna Expresso

Perfil

Ronaldo

A Serie A arranca com um óbvio favorito e um jogador acima dos outros: Juventus e Ronaldo

A Juventus e Cristiano Ronaldo começam no fim de semana a lutar por um 10.º título consecutivo na liga italiana de futebol, com Lazio e Inter de Milão a quererem terminar com a hegemonia da 'vecchia signora'

Lusa

Daniele Badolato - Juventus FC

Partilhar

A Juventus e Cristiano Ronaldo começam no fim de semana a lutar por um 10.º título consecutivo na liga italiana de futebol, com Lazio e Inter de Milão a quererem terminar com a hegemonia da 'vecchia signora'.

A desilusão na Liga dos Campeões, com a eliminação nos oitavos de final, frente ao Lyon, e uma conquista sem brilho da Serie A fizeram com que os responsáveis da Juventus despedissem Maurizio Sarri e chamassem para o comando técnico uma ex-estrela da equipa, o italiano Andrea Pirlo.

A 'vecchia signora' entra no campeonato com o plantel ainda por completar, com a provável entrada de um avançado - Luis Suárez e Edin Dzeko são os nomes falados -, colmatando a saída de Gonzalo Higuaín, que nunca se impôs como titular. De resto, saiu Miralem Pjanic e entraram Arthur, Dejan Kulusevski e Weston McKennie.

Aos 35 anos, Cristiano Ronaldo continua a ser, a par de Paulo Dybala, a grande figura do conjunto de Turim e vai tentar melhorar os 37 golos marcados em todas as competições na temporada passada, um recorde da equipa.

Segundo em 2019/20, a apenas um ponto da Juventus, o Inter de Milão assegurou a continuidade de Alexis Sanchez, Nicolò Barella e Stefano Sensi e contratou Achraf Hakimi e Aleksandar Kolarov, assumindo-se como grande candidato.

Após o quarto lugar em 2019/20 e de ter chegado a andar 'colada' à Juventus, a Lazio quererá, com certeza, voltar a estar na luta pelo 'scudetto' e, para isso, manteve a estrutura, com Ciro Immobile, Bota de Ouro da última temporada, como 'estrela'.

No plantel do conjunto romano está o defesa português Jorge Silva, que, contudo, ainda não se estreou na equipa principal, apesar de já ter sido suplente não utilizado.

A entusiasmante Atalanta, terceira classificada na última época, vai querer manter-se no topo do futebol italiano e garantir pelo terceiro ano consecutivo uma presença na Liga dos Campeões.

Na segunda temporada à frente da Roma, Paulo Fonseca deverá querer melhorar o quinto lugar de 2019/20 e manteve no plantel Henrikh Mkhitaryan, Davide Zappacosta e Chris Smalling e contratou Pedro Rodríguez.

Na luta pelos lugares europeus estarão também o AC Milan, de Rafael Leão, e o Nápoles, de Mário Rui, uma 'guerra' que não deverá ser de Miguel Veloso (Verona) e Bruno Alves (Parma).

Benevento, Crotone e Spezia são as equipas que subiram ao primeiro escalão.