Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Dyego Sousa e a oportunidade de fazer dupla com Cristiano Ronaldo: “Vou jogar com o homem”

Com 29 anos, o avançado do Braga comemora a primeira chamada para defender a seleção portuguesa

Zuba Ortiz

Simon Hofmann

Partilhar

Na última sexta-feira, Fernando Santos divulgou a lista de convocados para a qualificação para a Euro 2020, e nesta lista, além do regresso de Cristiano Ronaldo e da primeira convocatória de João Félix, foi um homem nascido no Brasil que chamou a atenção: Dyego Sousa, avançado do Braga e um dos artilheiros do campeonato nacional.

Há 10 anos em Portugal, Dyego Sousa passou por diversos clubes até chegar ao Braga, onde se tem destacado nas últimas temporadas. Atualmente é o vice-artilheiro do campeonato com 14 golos. O avançado terminou o processo de naturalização em 2017 e desde então sonhava em defender as cores lusitanas: será o sétimo naturalizado a defender as cores da seleção portuguesa, juntando-se a Deco, Pepe, Liedson, Celso Matos, Lúcio Soares e David Júlio.

Em entrevista ao GloboEsporte, Dyego Sousa mostrou-se confiante com a oportunidade de defender a seleção portuguesa e animado em alinhar com Cristiano Ronaldo. “Vou jogar com o homem. É um sonho que se realiza, porque sou fã há muito tempo. São muitas feras nesse grupo, mas vou brigar pelo meu espaço. Não quero parar por aqui”, afirmou.

O jogador sempre deixou clara a sua vontade em defender a seleção de Portugal e já tinha recusado propostas da Turquia e China, para manter vivo o sonho de defender a equipa comandada por Fernando Santos. “Mesmo sendo brasileiro, sempre tive as portas abertas em Portugal. Nunca deixei de brigar para chegar à seleção, independente da minha idade, e felizmente aconteceu”, declarou.

Nesta segunda, Dyego Sousa vai encontrar um conterrâneo, Pepe, que já tem uma longa história com a camisola da seleção portuguesa e já disputou três Mundiais e foi campeão europeu em 2016.