Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Bruno Fernandes dispensado da seleção (e o substituto é...)

O médio do Sporting queixou-se de dores na perna direita e foi dispensado dos jogos frente à Ucrânia e à Sérvia. Fernando Santos não chamou ninguém para substitui-lo, ficando agora com 24 jogadores

Tribuna Expresso

Bruno Fernandes é o capitão do Sporting

Soccrates Images

Partilhar

Sai Bruno Fernandes, entra... ninguém. O médio do Sporting foi dispensado do estágio da seleção nacional, esta terça-feira, por dores na perna direita, indicou a FPF. "O jogador apresentou-se com queixas e, depois de observado e realizados exames (ressonância magnética), a Unidade de Saúde e Performance da FPF concluiu que Bruno Fernandes não está em condições de representar a seleção nacional nos jogos com a Ucrânia e Sérvia", de acordo com o site oficial do organismo.

Também o Sporting esclareceu a dispensa: "Bruno Fernandes apresentou queixas na perna direita no dia seguinte ao jogo com a Santa Clara, tendo sido observado e sujeito a tratamentos na Academia Sporting. A manutenção das queixas motivou a realização de exames [no dia de ontem – 18.03.2019] acompanhados pelos departamentos clínicos do Sporting Clube de Portugal e da Federação Portuguesa de Futebol, dos quais resultou a conclusão da indisponibilidade física do jogador para competição devido a mialgias na região posterior da perna direita".

Fernando Santos não chamou outro jogador para o lugar deixado vago pelo médio, pelo que Portugal irá enfrentar os próximos dois jogos com o grupo atual, composto por 24 jogadores.

Portugal começa a defender o título europeu frente à seleção da Ucrânia, sexta-feira, no Estádio da Luz, recebendo três dias depois a Sérvia, no mesmo recinto (ambos os jogos às 19h45).

A seleção nacional vai disputar o Grupo B de apuramento, que inclui ainda a Lituânia e o Luxemburgo.

Pela primeira vez, a fase final do Campeonato da Europa vai decorrer em 12 cidades de 12 países diferentes, com Londres a receber os jogos das meias-finais e da final.

CONVOCATÓRIA

Guarda-redes: Beto (Goztepe, Tur), José Sá (Olympiacos, Gre) e Rui Patrício (Wolverhampton, Ing);

Defesas: João Cancelo (Juventus, Ita), José Fonte (Lille, Fra), Pepe (FC Porto), Mário Rui (Nápoles, Ita), Nelson Semedo (FC Barcelona, Esp), Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund, Ale) e Rúben Dias (Benfica);

Médios: Danilo Pereira (FC Porto), João Moutinho (Wolverhampton, Ing), João Mário (Inter Milão, Ita), Pizzi (Benfica), Rúben Neves (Wolverhampton, Ing) e William Carvalho (Betis, Esp);

Avançados: André Silva (Sevilha, Esp), Bernardo Silva (Manchester City, Ing), Gonçalo Guedes (Valência, Esp), Rafa Silva (Benfica), João Félix (Benfica), Dyego Sousa (Sporting de Braga), Diogo Jota (Wolverhampton, Ing) e Cristiano Ronaldo (Juventus, Ita).