Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

"Não temos a obrigação de vencer por estar a jogar no nosso país. Vai ser bom, sim, termos o apoio do nosso público"

Gonçalo Guedes admitiu este sábado que tem o objetivo de voltar a fazer dupla com Cristiano Ronaldo no ataque de Portugal e considerou que a Suíça é um "adversário de grande qualidade"

Lusa

Gualter Fatia

Partilhar

O avançado Gonçalo Guedes rejeitou este sábado que a seleção portuguesa tenha a obrigação de vencer a Liga da Nações de futebol por estar a jogar em casa e destacou a qualidade da Suíça, adversário nas meias-finais.

"Não temos a obrigação de vencer por estar a jogar no nosso país. Vai ser bom, sim, termos o apoio do nosso público. Jogar em casa deixa-nos mais à vontade, mais tranquilos", afirmou Gonçalo Guedes, em conferência de imprensa, na Cidade do Futebol, em Oeiras, após o treino de Portugal.

O jogador, de 22 anos, admitiu que tem o objetivo de voltar a fazer dupla com Cristiano Ronaldo no ataque de Portugal e considerou que a Suíça é um "adversário de grande qualidade".

"É uma equipa de conhecemos, que tem demonstrado grande qualidades e que tem grande jogadores. Já observamos um vídeo e vamos tentar aproveitar da melhor forma os seus pontos fracos", explicou.

Depois de conquistar a Taça do Rei, o seu primeiro troféu em Espanha com o Valência, Gonçalo Guedes assumiu o desejo que fechar a temporada com a conquista da Liga das Nações.

"Seria importante para mim e para todos. Mas primeiro temos que ganhar à Suíça e vamos fazer tudo para chegar à final", frisou o avançado formado no Benfica.

Gonçalo Guedes reagiu ainda à notícia da morte de José Antonio Reyes, antigo jogador do Benfica, aos 35 anos, vitima de um acidente de viação.

"É uma péssima notícia. Não o conhecia pessoalmente. Era um jogador de grande qualidade. É um momento horrível para a família dele", disse.

Os jogadores da seleção portuguesa continuam em regime livre e concentram-se para estágio ao final da tarde de domingo, em Espinho, cidade que vai acolher a comitiva lusa durante a fase final da Liga dos Nações.

Portugal, campeão europeu em título, defronta a Suíça nas meias-finais da Liga das Nações, em 5 de junho, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo com início às 19h45. Um dia depois, Inglaterra e a Holanda disputam a outra meia-final, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, também às 19h45.

Os vencedores disputam a final da primeira edição da Liga das Nações, em 09 de junho, no Estádio do Dragão, em encontro com início às 19h45, enquanto os vencidos decidem no mesmo dia a atribuição dos terceiro e quarto lugares, no Estádio D. Afonso Henriques, às 15h00.