Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Fernando Santos: "É um absurdo. O Bernardo é um dos jovens com maior caráter humano e social que eu conheço. Não merece isto"

Selecionador nacional comentou o caso que envolve o avançado português, acusado de conduta discriminatória pela federação inglesa, saindo em defesa do jogador do Man. City

Tribuna Expresso

Robbie Jay Barratt - AMA

Partilhar

Foi parco em palavras, mas as palavras foram fortes. Questionado sobre as acusações de comportamento discriminatório imputadas a Bernardo Silva pela federação inglesa, Fernando Santos começou por dizer que a convocatória "não era o momento" para falar de assuntos extra-futebol, mas não deixou de defender o jogador do Man. City.

"É um absurdo completo. O Bernardo Silva é dos jovens com maior caráter humano e social que eu conheço. O que está a acontecer não faz sentido. Ele não merece isto", frisou o selecionador nacional.

Sobre Rúben Semedo, novidade na convocatória e que há ano e meio se encontrava detido em Espanha, Fernando Santos fez questão de sublinhas que "não é por um percalço que acontece na vida que as pessoas não têm direito a viver e a seguir o seu caminho".

"Ele soube reagir, soube estar, está a fazer uma época muito boa no Olympiacos. Na última vez esteve perto da convocatória, mas não foi chamado por lesão", disse ainda.