Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Fernando Santos: "Falta-me ganhar o Campeonato do Mundo"

As declarações de Fernando Santos à RTP, depois do Portugal-Espanha (0-0)

Tribuna Expresso

Octavio Passos

Partilhar

O empate

"Os primeiros 25 minutos foram muito sofridos, defendemos mal, concedemos muito espaço aos adversários. E, quando uma equipa não está organizada, quando recupera a bola, não consegue jogar. Nunca tivemos bola, não estivemos bem. A Espanha foi claramente superior nesse período. A partir dos 30 minutos, a equipa percebeu melhor o que tinha de fazer, com os jogadores mais compactos, mais equilibrados. Os últimos 15 minutos foram equilibrados, já conseguimos rematar à baliza e tivemos alguns remates. Falei com os jogadores sobre isso no intervalo".

Mudanças na 2ª parte

"Na segunda parte foi um jogo mais repartido, nos últimos 20 minutos estivemos por cima. Além das bolas nos postes, tivemos mais oportunidades. O resultado acaba por ser justo."

Jogo de domingo contra a França, para a Liga das Nações

"É um jogo diferente, contra uma equipa diferente. Tivemos sempre muitas dificuldades em trabalhar, devido a todas as coisas que nos aconteceram nesta semana [José Fonte com covid-19], e os jogadores sentiram isso. Este jogo era um jogo de menor atenção e espero que estejamos melhor no próximo jogo."

Fernando Santo igualou o número de jogos de Scolari (74), à frente da seleção

"O que falta? Falta-me ganhar o Campeonato do Mundo".

2500 espectadores viram o Portugal-Espanha e 2511 viram Espanha jogar, até Portugal acordar

No regresso do público aos jogos da seleção, Portugal teve uma 1ª parte para esquecer frente à Espanha, mas reequilibrou o duelo na 2ª parte, criando oportunidades para marcar, tal como o adversário. Mas a sorte não se manifestou e o empate manteve-se até ao final (0-0)