Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Fernando Santos: "Obviamente lidamos mal com a derrota. Amanhã vamos estar um bocadinho aziados"

As declarações de Fernando Santos após o Portugal-França (0-1), que afastou a seleção da final four da Liga das Nações

tribuna expresso e sic notícias

Partilhar

A derrota

"A 1ª parte... não sei. A responsabilidade é minha. Tivemos muita dificuldade, a França na 1ª parte superiorizou-se e nós não conseguimos ligar o jogo. A França empurrou-nos para trás e nós estivemos muito tímidos. Houve um ou dois momentos bons mas o jogo foi quase sempre da França. Não tivemos capacidade de progressão, de recuperação nem circulação de bola. Disse isso aos jogadores ao intervalo, que não podíamos deixar a França ter sempre espaços para jogar.

Tentámos depois atacar mais e entrámos melhor na 2ª parte, mas sofremos um golo assim meio... pronto. Esse golo limitou, mas reagimos bem, a fazer o que era nossa intenção desde o primeiro minuto. Depois do golo parece que nos soltámos, entrando bem pelos flancos, criando três ou quatro ocasiões para empatar. Mas a primeira parte... responsabilidade minha."

Danilo disse que faltou agressividade

"Isso é uma abordagem que tenho de ter com os jogadores. Não estivemos ao nosso nível, mérito da França e demérito nosso. O plano era o que fizemos lá em Paris e em todos os jogos. Dar largura ao jogo, ter uma boa reação à perda... Lá não deixámos a França jogar e aqui deixámos. Permitimos sempre espaços e com bola tínhamos dificuldades. O jogo ficou confuso e os jogadores também. Não era o que esperávamos."

Afastamento da final four da Liga das Nações

"Obviamente lidamos mal com a derrota, eu e os jogadores. Esta noite dificilmente iremos dormir mas há que pensar que temos um jogo terça-feira. Temos de assumir a responsabilidade desse jogo. Esta equipa habitou os portugueses a responder sempre bem, a fazer bons jogos, a ganhar. Penso que é a quarta derrota desde que cheguei. Agora há que levantar a cabeça. Obviamente amanhã vamos estar ainda um bocadinho aziados."

N'Golo bastou

Num jogo em que houve mais França do que Portugal, um golo de N'Golo Kanté bastou para os campeões mundiais afastarem os campeões europeus da <em>final four</em> da Liga das Nações