Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Rúben Dias e as críticas a Portugal após derrota com a França: "Somos consistentes, não abanamos com o vento"

Central do Manchester City desvaloriza o que foi dito sobre a Seleção Nacional, sublinhando que nos jogos "entre os melhores" tudo se "decide nos detalhes"

Tribuna Expresso

Baptiste Fernandez/Getty

Partilhar

Jogo ainda conta para a Croácia

“A Croácia ainda tem um objetivo pendente mas isso é algo que a eles lhes diz respeito. A nossa interpretação do jogo é alheia a isso, porque iríamos sempre encarar o jogo para ganhar”

Críticas após jogo com a França

“Somos consistentes, não abanamos com o vento e não vamos conforme aquilo que opinam as pessoas fora da nossa estrutura. Somos uma equipa confiante e com qualidade e que quer sempre ganhar. Quando estamos no topo vamos lutar com os melhores e com os melhores onde se decide é nos detalhes. Faz parte do futebol, não se pode ganhar sempre, apesar dessa ser a nossa ambição. Jogámos com uma equipa muito forte, há que lidar. Temos sempre coisas para melhorar, até quando ganhamos, e não estamos satisfeitos. Vamos melhorar e vai ser uma aprendizagem”

Jogo bom para recuperar confiança?

“Sem dúvida alguma que quando há um mau resultado há algo extra dentro de nós porque queremos ganhar sempre, não gostamos nada de perder. Quando há um resultado menos positivo o melhor que nos podem fazer é dar-nos mais um jogo. Apesar de tudo sabemos que será um jogo difícil contra uma boa equipa mas a nossa ambição é a de sempre”

Novos valores da Croácia

“Conhecemos bem a equipa croata porque jogámos recentemente com eles, sabemos o que são capazes e da qualidade individual dos jogadores. Mas acho que faça sentido individualizar em A, B ou C, é uma equipa com grandes valores”

Sobrecarga de jogos

“Como é obvio vivemos tempos difíceis por causa da pandemia, o que obrigou a grandes esforços e nós futebolistas também teremos de fazer esses esforços. Não será fácil cumprir em todos os jogos, será apertado, com pouco tempo de descanso. A mim cabe-me estar disponível para todos os jogos. Mas não é o cenário ideal”