Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Portugal terá que ultrapassar Sérvia, Irlanda, Luxemburgo e Azerbaijão para chegar ao Mundial de 2022

Portugal e os outros 54 países europeus ficaram esta segunda-feira a conhecer os grupos e adversários que terão no apuramento para o próximo Campeonato do Mundo, no Qatar. O que também quer dizer que, a partir de março do próximo ano, um calendário já muito congestionado vai ganhar mais uns quantos jogos de seleções para sobrecarregar as pernas dos jogadores. Recorde aqui como decorreu o sorteio dos 10 grupos de apuramento para o Mundial de 2022

Diogo Pombo

Baptiste Fernandez/Getty

Partilhar

17h58: E pronto, ficámos sabedores de toda a vida que a seleção nacional terá pela frente até, pelo menos, novembro do próximo ano. Sérvia, Irlanda, Luxemburgo e Azerbaijão são os países que estão no caminho para Portugal poder estar no Campeonato do Mundo de 2022, coisa com que nos teremos de preocupar ainda antes de vermos a seleção jogar para defender o seu título europeu.

Sim, como se não soubéssemos já, o mundo e a vida estão confusos e um pouco aos turbilhões. Cá estaremos para ver como tudo vai afetando o futebol. Boa tarde, um resto de boa semana e obrigado por nos ter acompanhado aí desse lado.

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

17h52: Eis a composição dos 10 grupos de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022, no Qatar. Os jogos terão início em março do próximo ano e irão até novembro, sendo que o play-off apenas será realizado em março de 2022.

Jornada 1: 24-25 de Março de 2021
Jornada 2: 27-28 de Março de 2021
Jornada 3: 30-31 de Março de 2021
Jornada 4: 1–2 de Setembro de 2021
Jornada 5: 4-5 de Setembro de 2021
Jornada 6: 7 a 8 de Setembro de 2021
Jornada 7: 8–9 de Outubro de 2021
Jornada 8: 11-12 de Outubro de 2021
Jornada 9: 11-13 de Novembro de 2021
Jornada 10: 14-16 de Novembro de 2021
Play-off: 24, 25, 28, 29 de Março de 2022

17h42: Não se pode dizer que a fé inabalável de Fernando Santos não esteja a ser recompensada, a começar no facto de Portugal ter ficado num grupo com apenas cinco equipas, portanto, com menos jogos a terem que ser feitos.

É certo que uma viagem para ir jogar ao Azerbaijão é um cargo de trabalhos de horas passadas em aviões, mas pronto, é o Azerbeijão. Depois, há o Luxemburgo, onde se faz a festa cada vez que a seleção nacional lá joga pelo peso dos emigrantes e lusodescendentes presentes no país.

A Sérvia é sempre uma equipa dura de roer, mais ainda se já for permitido ter público nos seus estádios, onde o ambiente costuma ser bem aceso. E a Irlanda idem, mas Portugal tem jogadores, equipa, qualidade e, logo, obrigação de se qualificar em primeiro lugar deste grupo.

Grupo A
Portugal
Sérvia
Irlanda
Luxemburgo
Azerbaijão

via GIPHY

17h36: A companhia seguinte para Portugal é a Irlanda, que a seleção não apanha desde a qualificação para o Mundial de 2002 e, pelo menos, já fica um pouco a par com a canção que vai sendo repetida a cada bola que é retirada, com sonoridade que tenta misturar tons épicos com pinceladas de suspense e, enfim, havia que existir algo de otimista no meio disto tudo.

Imaginem estar a lavar a loiça ao fim do jantar de Natal com toda a família e ouvirem, em loop, a banda sonora do "Gladiador". É mais ou menos isso.

Grupo A
Portugal
Sérvia
Irlanda

Grupo B
Espanha
Suécia
Grécia

Grupo C
Itália
Suíça
Irlanda do Norte

Grupo D
França
Ucrânia
Finlândia

Grupo E
Bélgica
País de Gales
República Checa

Grupo F
Dinamarca
Áustria
Escócia

Grupo G
Holanda
Turquia
Noruega

Grupo H
Croácia
Eslováquia
Rússia

Grupo I
Inglaterra
Polónia
Hungria

Grupo J
Alemanha
Roménia
Islândia

17h30: As seleções dos primeiros dois potes já foram sorteadas e, no que nos diz respeito, a seleção vai voltar a disputar um apuramento com a Sérvia - como aconteceu na qualificação para o Europeu de 2020, que afinal será em 2021. A sensação pode não estar a passar via teclado, mas não nos estamos a conseguir conter com tanto entusiasmo.

Grupo A
Portugal
Sérvia

Grupo B
Espanha
Suécia

Grupo C
Itália
Suíça

Grupo D
França
Ucrânia

Grupo E
Bélgica
País de Gales

Grupo F
Dinamarca
Áustria

Grupo G
Holanda
Turquia

Grupo H
Croácia
Eslováquia

Grupo I
Inglaterra
Polónia

Grupo J
Alemanha
Roménia

17h22: Oh, que privilégio: Portugal é o primeiro país a sair e fica logo no Grupo A, sendo que o apresentador de serviço foi pronto a elogiar os feitos de Cristiano Ronaldo em fases de qualificação para Campeonatos do Mundo.

via GIPHY

17h19: Estão a explicar as minuciosas regras do sorteio, portanto, devem estar quase a começar a chamar ex-jogadores, atuais treinadores, celebridades da bola e demais truques para ajudarem a baralhar as bolas e sortear as coisas. Aqui fica uma lembrança dos potes que vão a sorteio:

Pote 1: Bélgica, França, Inglaterra, Portugal, Espanha, Itália, Croácia, Dinamarca, Alemanha e Países Baixos.
Pote 2: Suíça, País da Gales, Polónia, Suécia, Áustria, Ucrânia, Sérvia, Turquia, Eslováquia e Roménia.
Pote 3: Rússia, Hungria, República da Irlanda, República Checa, Noruega, Irlanda do Norte, Islândia, Escócia, Grécia e Finlândia.
Pote 4: Bósnia-Herzegovina, Eslovénia, Montenegro, Macedónia do Norte, Albânia, Bulgária, Israel, Bielorrússia, Geórgia e Luxemburgo.
Pote 5: Arménia, Chipre, Ilhas Faroé, Azerbaijão, Estónia, Kosovo, Cazaquistão, Lituânia, Letónia e Andorra.
Pote 6: Malta, Moldávia, Liechtenstein, Gibraltar e San Marino.

17h14: Ah, que belas memórias as que estão a passar agora no vídeo que a FIFA montou para nos entreter e injetar alguma melancolia com os melhores momentos do último Mundial, de 2018, jogado na Rússia, quando uma pessoa ainda podia sair de casa para acabar dentro de um estádio de futebol em vez lidar com o que temos hoje, que é, sem dúvida, mais aborrecido.

via GIPHY

17h08: Se ligasse agora a televisão ou o streaming e fosse espreitar o sorteio, isto poderia parecer que dois tipos se tinham aprumado em demasia para um simples convite para tomarem um chá. Primeiro foi Daniele De Rossi, depois Rafael Van der Vaart, a aparecerem encamisados e engravatados em palco para se sentarem nos sofás caseiros e responderem a perguntas sobre Diego Armando Maradona, primeiro, e as suas experiências em Mundiais, depois. Com o frio que está em Portugal, mais vale ir já pôr o bule ao lume.

17h01: A boa notícia, esperemos que a primeira de várias, é que Portugal está, à partida, do lado lisonjeiro da coisa: estando em 5.º lugar do ranking da FIFA, a seleção nacional parte do Pote 1 do sorteio e, como tal, evita logo apanhar países como a França, a Alemanha, a Inglaterra ou a Espanha no grupo.

16h59: Ora boas tardes e bem-vindos a mais um sorteio futebolístico, veremos se com a pompa e circunstância habituais para tentarem disfarçar o aborrecimento, cof cof, perdão, a trivialidade da ocasião. Este será feito pela FIFA para vermos quem jogará contra quem na qualificação para o Mundial de 2022, no Qatar, terra da qual somos recordados de vez em quando com notícias de abusos e exploração de trabalhadores migrantes que lá estão a preparar os estádios e infraestruturas a quem, presumivelmente, o mundo da bola não concederá muita atenção assim que essa bola lá começar a rolar.

Isto numa altura em que nem o Euro 2020 da UEFA tivemos, porque será em 2021, no final da época mais sobrelotada e sobrecarregada da história, em que nem ao Natal chegámos e já os jogadores se queixam da falta de descanso.

A resposta da FIFA é fazer este sorteio para dar mais uns quantos jogos de seleções a esta temporada (a qualificação arranca em março do próximo ano e vai até novembro). O evento acontece em Zurique, na Suíça, onde está a sua sede e não estarão representantes das 55 federações europeias. Terão de estar a assistir à distância, como nós, portanto é um evento igualitário onde o suspense será vivido por todos através de um ecrã.

  • Fernando Santos e o grupo que calhou a Portugal: "Pensar que já está ganho seria o nosso maior erro"

    Portugal

    O selecionador nacional reagiu ao grupo de qualificação para o Mundial de 2022 sorteado para Portugal, esta segunda-feira, realçando, sobretudo, o poderio da Sérvia, que em teoria será o adversário mais complicado de um lote onde também estão a Irlanda, o Luxemburgo e o Azerbaijão. E Fernando Santos deixou o aviso: "se queremos ser candidatos a ser campeões do Mundo, temos de assumir que temos de passar esta fase de grupos, a respeitar todos os adversários"