Tribuna Expresso

Perfil

Portugal

Fernando Santos: "Sim, a equipa espanhola dominou muito o jogo. Algumas coisas que pedi que foram feitas, outras não"

O selecionador nacional reconheceu à "RTP1", no final do 0-0 com a Espanha, que o adversário teve mais bola e criou mais dificuldades, mas garantiu que "este jogo serviu para os objetivos que queria ver"

Tribuna Expresso

BSR Agency

Partilhar

O domínio da Espanha

"Sim, a equipa espanhola dominou muito o jogo, especialmente nos primeiros 15 minutos. Não conseguimos ter bola, nem tê-la com facilmente, nem encurtar espaços à Espanha e tivemos muitas dificuldades, apesar de não ter criado nada de transcendente.

Mas foi dominadora, teve mais domínio, mas, a partir dos 15 minutos, começou a esbater-se. Portugal começou a criar mais".

O crescimento de Portugal

"Na segunda parte, a equipa entrou melhor e mais alta, a retirar espaços à circulação da Espanha e a conseguir ter mais bola.

Criámos também situações de rutura, a conseguirmos chegar lá, a Espanha teve uma oportunidade boa e teve outra agora no final, após uma perda de bola sem necessidade nenhuma. Mas a equipa foi capaz de fazer coisas que não estava a ser capaz de fazer durante a primeira parte.

Claro que eles tiveram uma oportunidade no poste e Portugal foi feliz, mas isso conta pouco. Acho que a Espanha foi uma equipa forte como é, uma equipa de posse, mas este jogo serviu para os objetivos que quero e para o que queria ver. Guardo isso para os meus jogadores".

O balanço

"Não é aqui que se fazem balanços, isso vou fazê-los com os jogadores.

Há algumas coisas que pedi que foram feitas, outras que não foram tão bem feitas. Todos os jogadores deram o seu máximo e trabalharam muito, mas, no que é a ordem defensiva e ofensiva do jogo, temos de corrigir algumas coisas".