Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Portugal

Fernando Santos: "A equipa apresentou o espírito certo, com a Alemanha não fomos iguais a nós próprios"

O selecionador nacional estava satisfeito com a equipa no final do empate com a França, que dá o apuramento para os oitavos do Euro 2020. Portugal vai defrontar a Bélgica, em Sevilha

Tribuna Expresso

Alex Pantling

Partilhar

Organização

“Saí satisfeito com a equipa globalmente. Apresentou o espírito certo. Como tenho dito, não são os jogadores que transformam as equipas, são as equipas que se transformam e os jogadores ajudam no jogo. Fizemos uma primeira parte muito boa, com muita organização, o que é habitual em Portugal, muito bem organizados, sem conceder espaços. Fizemos um golo, e depois sofremos…”

Que teve a mais em relação ao jogo com Alemanha?

“Teve tudo a mais. Depois, na segunda parte, o golo deles obrigou-nos a abrir mais, e eles a trocar a bola atrás. Mas chegámos ao empate, o resultado foi justo.”

Mais perto da versão do campeão europeu?

“Ninguém tem dúvidas disso. Os jogadores perceberam muito bem o que tinham de fazer, é o passo certo para o que vem a seguir.”

Hungria

“Eu avisei. Fizemos um bom jogo contra a Hungria. Nunca deixámos que a Hungria criasse situações, tivemos sempre controlo, criámos várias oportunidades. Só marcamos no fim, é verdade. A equipa esteve muito bem. Com a Alemanha não fomos iguais a nós próprios. Esta equipa é uma equipa que sabe o que é preciso fazer para ganhar. É preciso trabalhar muito, defender bem, contra-atacar, atacar, é preciso fazer essas coisas todas. Se não fazemos, temos dificuldades. Quando fazemos, é muito difícil para qualquer adversário, como tenho dito.”

Bélgica

"Agora vou pensar, vou olhar para a Bélgica. Obviamente é um adversário difícil também. Se formos como vocês, que usam os rankings, estão em primeiro lugar do ranking.”