Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Portugal

Rúben Dias: "Custa sair, especialmente depois da exibição que fizemos"

Rúben Dias, o defesa da seleção nacional, falou aos jornalistas no final do jogo e enalteceu o espírito da equipa e a boa segunda parte

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

Alguém tem de sair...

"Custa sair, especialmente depois da exibição que fizemos. O futebol é isto mesmo. Infelizmente, independentemente do jogo que se jogue, uma equipa tem de ganhar e outra tem de sair. Jogámos contra uma grande equipa. Acredito que hoje em especial fizemos sentir [aos outros] do que somos capazes. A primeira parte foi muito equilibrada, a segunda dominámos por completo, estivemos muito perto de fazer o golo. A bola não quis entrar, o futebol é isto. O que há a retirar é que todos juntos podemos ganhar a qualquer equipa. É esse o espírito que existe e que vai existir no futuro.”

Golo

“Foi um jogo muito equilibrado, houve ocasiões de parte a parte. Chegaram ao golo num lance que, à partida, temos controlado, com um efeito um bocado estranho que acaba por trair o nosso guarda-redes. Foi um detalhe que acabou por decidir. A equipa reagiu muito bem, tivemos inúmeras ocasiões. Acabámos por não conseguir o que queríamos, que era chegar ao empate, e disputar o jogo. Saímos de cabeça erguida.”

Eliminação

"Em qualquer altura, nunca quereríamos sair. Não importa se é agora ou mais à frente, ou antes, na meia-final, estávamos aqui para fazer uma coisa e só isso: ganhar. Acabamos por sair hoje, de cabeça bem erguida. Temos bem consciência o que representamos, o país que representamos e o que somos capazes de fazer.”