Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Portugal

Depois de ter sido titular frente à Irlanda, Matheus Nunes fica fora do lote de 23 convocados para o jogo com a Sérvia

O médio do Sporting é o único dos jogadores lusos disponíveis a ficar de fora dos 23 eleitos pelo selecionador Fernando Santos. Bernardo Silva está de regresso

Lusa

Seb Daly

Partilhar

O futebolista Matheus Nunes vai falhar o jogo da seleção portuguesa com a Sérvia, esta noite, o derradeiro do Grupo A de qualificação para o Mundial2022, de acordo com a lista de atletas elegíveis divulgada pela UEFA.

O médio do Sporting é o único dos jogadores lusos disponíveis a ficar de fora dos 23 eleitos pelo selecionador Fernando Santos, depois de ter sido titular na visita à República da Irlanda (0-0), na quinta-feira.

De fora das opções fica também o central Pepe, mas, neste caso, por estar a cumprir uma partida de suspensão, face à expulsão em Dublin.

De regresso está Bernardo Silva, que recuperou dos problemas físicos que o afastaram do duelo com os irlandeses e integra o lote de 23 atletas que farão parte da ficha de jogo.

Portugal e Sérvia jogam a partir das 19:45, no Estádio da Luz, e Lisboa, no derradeiro e decisivo encontro do Grupo A, que será dirigido pelo árbitro italiano Daniele Orsato.

Após o empate na República da Irlanda, Portugal assumiu a liderança do grupo, com 17 pontos, em igualdade com os sérvios, mas com vantagem na diferença de golos (16-4 contra 16-8), pelo que basta à equipa das ‘quinas’ pontuar diante do último adversário para ‘carimbar’ imediatamente a qualificação para o próximo Campeonato do Mundo, no Qatar.

Por outro lado, em caso de derrota frente à Sérvia, a seleção nacional ficará no segundo posto do grupo e terá de disputar os ‘play-offs’ de acesso à fase final.

Portugueses e sérvios são os únicos conjuntos do Grupo A ainda com possibilidades de assegurarem um lugar no próximo Mundial – seja por apuramento direto ou por via dos ‘play-offs’ -, tendo em conta que Luxemburgo (nove pontos), República da Irlanda (seis) e Azerbaijão (um) já estão matematicamente afastados da corrida à fase final.