Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Bruno de Carvalho já reagiu à suspensão, que diz ser uma “golpada” de um “pelotão de fuzilamento”

Depois de ter sido suspenso pela Comissão de Fiscalização, Bruno de Carvalho reagiu no Facebook, mostrando a nota de culpa que recebeu

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

É uma "golpada" de um "pelotão de fuzilamento". Foi assim que Bruno de Carvalho reagiu, ainda durante a conferência de imprensa da Comissão de Fiscalização, à nota de culpa que recebeu e que indica que estará suspenso imediatamente das suas funções.

"Nunca quiseram realizar a AG de dia 23", diz Bruno de Carvalho, que diz que esta "é uma tomada de poder à força" e que "é completamente ilegal tudo o que se está a passar", acrescenta.

"Os sócios têm de se revoltar perante esta tomada de poder! Quem manda no Clube são os sócios todos e não meia dúzia!", escreveu o presidente, agora suspenso.

Recorde-se que a Comissão de Fiscalização foi nomeada pela Mesa da Assembleia Geral para desempenhar as funcões do demissionário Conselho Fiscal e Disciplinar.
A comissão é formada por cinco elementos Henrique Monteiro (jornalista), João Duque (professor catedrático); António Paulo Santos (advogado), Luís Pinto de Sousa (professor e investigador) e Rita Garcia Pereira (advogada).