Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Adjunto de Keizer confirma Ilori e diz: “Foi criado aqui e isto quer dizer que todos os que saíram desta casa têm uma porta aberta”

Marcel Keizer viajou novamente para a Holanda para tratar de assuntos pessoais - o treinador do Sporting perdeu o sogro, recentemente. Assim, foi Rodolfo Correia, o adjunto do holandês, a representar o Sporting em conferência de imprensa

Tribuna Expresso

Rodolfo Correia, adjunto de Marcel Keizer no Sporting

HOGO DELGADO/LUSA

Partilhar

A festa foi bonita, mas acabou

“Estivemos a preparar os jogadores para amanhã. Ganhar a Taça da Liga é sempre bom, os jogadores estão bem, felizes pela conquista, mas agora isso é passado e o foco é competir nas outras competições.O desligar [da Taça da Liga] é automático. assim que entrámos no autocarro, desligámos, acabou a festa. No treino seguinte, já tínhamos a cabeça noutra competição.No primeiro treino já tudo se esqueceu”

Vitória mais descansado?

“Se formos a ver por aí... Eles [jogadores do Vitória de Setúbal] tiveram mais tempo para descansar, por isso, há aqui um equilíbrio de forças. É claro que, não tendo jogado, os jogadores do setúbal poderão estar mais descansados, mas acredito que os nossos estão muito mais felizes.

Os dérbis podem esperar

"O objetivo é amanhã [quarta-feira], todo o grupo está focado no jogo de amanhã. Depois disso, logo pensamos no que vem pela frente, nos dois jogos com o Benfica"

Gudelj ausente por castigo. E Acuña?

"O Acuña está em gestão física. Jogou com algumas limitações no jogo, temos de fazer a gestão dele, tal como fazemos a do Mathieu. O [reforço de inverno] Doumbia tem estado a treinador mas vem de uma paragem de inverno do campeonato da Rússia. Vamos esperar para ver como evolui a situação”

E Borja e Ilori?

“Ainda não treinaram connosco na Academia. Só estiveram a fazer testes. Mas é claro, se contratámos, é porque são mais-valias. Esperamos contar com eles o mais rapidamente possível. Quantos mais jogadores tivermos, mais opções temos. O Ilori é jovem, foi criado nesta casa, e isto quer dizer que todos os que saíram desta casa, formados aqui, podem voltar, porque têm uma porta aberta.”

A ausência do FC Porto nas celebrações

“Gostámos muito de celebrar a Taça, Relativamente ao resto, não quero comentar. Só quero relembrar que celebrámos e foi um dia muito feliz.”