Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

A ASAE vai fiscalizar Silas?

Jorge Silas não tem o nível de treinador necessário para assumir, no papel, as funções de treinador principal do Sporting, mas a ASAE não pode, para já, fiscalizar a situação

tribuna expresso

MIGUEL A. LOPES

Partilhar

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) confirmou que recebeu uma queixa anónima em relação à contratação de Jorge Silas por parte do Sporting, mas remeteu-a para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), segundo indicou à TSF.

De acordo com a nova lei que estabelece o acesso e exercício da atividade de treinador, é a ASAE a entidade fiscalizadora da situação, mas, uma vez que a nova lei só foi publicada em setembro, só entrará em vigor seis meses depois, isto é, a 3 março de 2020.

Até lá, a ASAE não pode atuar em relação a a "eventuais práticas irregulares na contratação de diversos treinadores de futebol", pelo que a entidade encaminhou a queixa que recebeu, a 4 de outubro, para a FPF.

Recorde-se que Jorge Silas apenas tem o nível III de treinador, ou seja, não possui atualmente o nível exigido para treinar na Liga NOS (e nas competições europeias), o nível IV.