Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Sporting confirma equipa de Rúben Amorim por 10 milhões. Mais 155 mil em juros. E mais IVA

Sporting paga, para já, 5 milhões, e outros 5 milhões em setembro. Pelo adiamento da segunda prestação, o clube presidido por Frederico Varandas pode ter de pagar juros de 155 mil euros. Anúncio é feito um dia depois da confirmação da revogação do contrato com a equipa de Silas

Diogo Cavaleiro

Gualter Fatia

Partilhar

O Sporting confirmou a contratação de Rúben Amorim e da sua equipa por 10 milhões de euros, segundo comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Mais juros. E mais IVA.

O anúncio foi feito um dia depois da confirmação da revogação do contrato com a equipa de Silas.

No comunicado, a SAD do Sporting indica que "chegou a acordo com a Sporting Clube de Braga – Futebol, SAD para a contratação dos treinadores Rúben Amorim, Adélio Cândido e Carlos Fernandes, pelo valor de € 10.000.000,00 (dez milhões de euros)".

Além dos três novos nomes, a equipa técnica da principal equipa de futebol masculino do Sporting conta também com Emanuel Ferro e Tiago Ferreira.

Mais 155 mil em juros

Num outro comunicado, o Sporting de Braga também dá conta da transação e adianta que o pagamento será feito por duas vezes, com duas prestações de 5 milhões de euros. A primeira será paga até esta sexta-feira, 6 de março, e a segunda até 5 de setembro deste ano.

Por não pagar a totalidade do dinheiro (10 milhões) logo à cabeça, o Sporting terá de pagar juros. Os juros são calculados à taxa de 6% ao ano até ao pagamento efetivo. Segundo o comunicado do Braga, se o pagamento ocorrer só mesmo na data de 5 de setembro, só em juros o clube de Alvalade pagará 155 mil euros.

Já o pagamento do IVA será concretizado até 30 de março.

Com estes pagamentos, a SAD do Sporting de Braga libertou Amorim, Adélio Cândido e Carlos Fernandes das suas obrigações contratuais.

Custódio confirmado no Braga

Para o SCP Braga, e substituindo Amorim, segue Custódio, confirmou também a SAD liderada por António Salvador. Paulo Gomes, ex-futebolista do Braga, e Hugo Freitas, que estava na equipa B.

Entretanto, com a confirmação do negócio, as ações da SAD do Sporting já podem negociar em bolsa. O polícia dos mercados, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), tinha decidido suspender a negociação por não haver dados oficiais sobre a contratação de Amorim. Agora, com o comunicado desta manhã, a CMVM já anulou essa suspensão.

(notícia atualizada com mais informações pelas 10.09)