Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

"É lamentável e preocupante". Sporting reage após violência entre adeptos, que deixou duas pessoas no hospital

Agressões a adeptos do Sporting, alegadamente por parte de membros dos No Name Boys, tiveram lugar na noite de domingo, perto do estádio de Alvalade

Tribuna Expresso

David Ramos

Partilhar

Dois adeptos do Sporting ficaram feridos com gravidade, após incidentes com outros adeptos, alegadamente membros dos No Name Boys, claque afeta ao Benfica. Os desacatos aconteceram na noite de domingo, nas imediações do estádio de Alvalade. De acordo com a "TVI", os dois adeptos então internados no Hospital de Santa Maria em estado grave.

De acordo com um comunicado do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, à chegada ao local as autoridades localizaram as vítimas "homens, com idades entre os 20 e os 26 anos, que terão sido agredidos por um grupo de cerca de 15 indivíduos", que ainda estão por identificar.

Esta segunda-feira, o Sporting reagiu aos incidentes, repudiando "mais uma vez os episódios de violência que continuam a marcar a vida do desporto em Portugal, neste caso as agressões que tiveram lugar (...) perto das imediações do Estádio José Alvalade (...) que resultaram na hospitalização de dois adeptos".

"No dia em que faz 24 anos da morte de um adepto do Sporting no estádio do Jamor, vítima de um very-light, é lamentável e preocupante que estes episódios continuem a acontecer", pode ler-se ainda na nota deixada no site oficial dos leões.

"O clube vai continuar a liderar o processo e debate de promoção de um clima saudável e de melhoria do espectáculo desportivo em Portugal e apela, por isso, mais uma vez, à intervenção das autoridades num problema que extravasa o âmbito meramente desportivo", acrescenta ainda o Sporting.