Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Rúben Amorim e a aposta nos jovens: "Posso também dizer, não tem problema nenhum, que o Matheus será novamente titular"

Na conferência de imprensa de antevisão do Sporting-Paços de Ferreira, da 26.ª jornada da Liga (sexta-feira, 21h15, SportTV1), Rúben Amorim explicou a aposta na formação e lamentou a violência no futebol

tribuna expresso e sic notícias

Partilhar

Conclusões depois do regresso à competição

"Em relação ao último jogo estivemos muito bem, mas ainda temos muito a melhorar. Conseguimos pressionar o Vitória, a nossa equipa foi bastante pressionante. Conseguimos sair com a bola, temos de melhorar ainda certos aspetos da construção que demoram mais tempo."

O Paços de Ferreira

"O Paços é uma equipa muito organizada e muito pressionante. O Pepa incute na sua equipa uma excelente agressividade, é uma equipa organizada com uma excelente transição. Trabalhámos esta semana e vamos tentar melhorar com a bola e ter mais cabeça fria no momento da decisão, para chegarmos aos golos e às vitórias."

A exibição de Jovane

"Dizem que é uma aposta, mas Jovane não é uma das minhas apostas. Eu aposto em todos e depois depende deles. Fez um excelente jogo e foi um jogo bom para ele porque é um jogador muito rápido e forte no arranque e teve espaço para aproveitar isso porque o Vitória nos pressionava muito à saída. Fiquei satisfeito com todos e com o Jovane também."

Maior dificuldade dos 'grandes' em ganhar tem a ver com a falta de adeptos?

"Acho que é redutor dizer que é apenas a falta de adeptos. É difícil encontrar as reais razões para algumas coisas no futebol. Também os treinadores e jogadores dos clubes mais pequenos estão bem preparados. Queremos amanhã mudar isso, estamos bem preparados para isso. Vamos jogar em casa, fizemos dois treinos no estádio para mostrar aos jogadores como seria. Vai ser importante a forma como entramos no jogo, isso é mais influente do que a falta de público".

A luta pelo título entre Benfica e FC Porto

"Tenho visto o Paços, vi o Guimarães, sou capaz de hoje à noite dar um olhinho no Tondela. Nós só pensamos em nós, não pensamos em mais nada. Estamos apenas focados no nosso clube."

Ataque ao autocarro e às casas de jogadores do Benfica

"São atos que têm de ser investigados muito a sério. São linhas muito graves que são ultrapassadas. Põem em risco jogaores, treinadores, fisioterapeutas. E há algo que me faz ainda mais confusão, porque passou para o campo das famílias. É muito grave. O Sporting condenou, o plantel também, o treinador também. Em vez de trazermos mais qualidade, assim vamos afastar as pessoas da Liga portuguesa. Acredito que os jogadores gostam de jogar aqui e criam ligação e isto é empurrar os jogadores a sair de Portugal."

Jogar em Alvalade sem adeptos e sem assobios é benéfico para o Sporting?

"Estamos a apostar em jovens e isso faz parte do jogo. Prefiro ter um jogo com adeptos mesmo contra a equipa ou contra a direção. Faz parte do jogo. A ganhar tudo se muda. É a ínica maneira de mudar as coisas. O que interessa são os 90 minutos dentro do campo. Seja para dizer mal ou para criticar a equipa, o jogo de futebol é sempre melhor com adeptos."

Wendel de regresso após lesão

"Está convocado. Wendel está apto para jogar e traz-nos coisas boas, tem qualidade. Tivemos problemas na construção, nos médios, muito por mérito do Vitória, se calhar os nosso médios não jogavam e por isso jogava o Jovane, a bola não passava pelos médios. Posso também dizer, não tem problema nenhum, que o Matheus será novamente titular."

Pediu a Mathieu para ficar no Sporting na próxima época?

"É muito importante ter fome, é muito importante querer ficar no Sporting. Não vou pedir a ninguém para ficar no Sporting. Quero é gente comprometida. Estou contente com eles."

Se tivesse iniciado mais cedo a época, poderia ter lutado pelo título, no Braga e no Sporting?

"Não penso muito assim porque o jogo é muito incerto. Não podemos fazer ligações assim. Se não tivesse corrido tão mal ao Braga no início do campeonato eu hoje não estaria aqui. É assim que vejo, vejo pelo lado positivo. Sei que vamos ter fases difíceis mas estamos preparados. Jogo a jogo e treino a treino, para termos mais alegrias do que tristezas."

Wendel e Matheus combinam?

"Acho que todos os jogdores do Sporting são compatíveis, poderíamos fazer várias duplas de médios. Os três centrais dão uma estabilidade diferente. Acho que depende mais deles do que de mim. Eles têm de mostrar que estão bem e podem jogar. Isso faz crescer a equipa. Também depende do jogo em questão qual será a combinação dos médios."

Objetivo é consolidar o 3.º lugar ou preparar a próxima época?

"O objetivo passa por ganhar o jogo de amanhã. O Sporting entra sempre para ganhar. Temos de saber que todos os jogos são para ganhar, isso é que é o objetivo. Queremos ganhar os jogos todos até final da época."

Um plantel com jogadores da formação conseguirá lutar pelo título?

"A equipa técnica aposta em jovens porque eles demonstram valor. Temos de ver o contexto em que estamos, o problema que houve e temos de estar preparados. Estamos a preparar bem a próxima época. Estou a lançar jovens porque eles dão boas respostas, são até bastante adultos a compreender a mensagem do treinador. Preparamos as bases para a próxima época mas temos um jogo para ganhar."

“O Rúben Amorim disse que teve tempo para preparar a equipa num sistema diferente. Esperamos um Sporting com as ideias mais arrumadas”

Pepa espera um Sporting-Paços de Ferreira "rico em termos táticos", na 26.ª jornada da Liga (sexta-feira, 21h15, SportTV1)