Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Amorim: "Da mesma maneira que disse aos jogadores para depois do jogo com o Lask não lerem jornais, agora digo o mesmo"

A análise de Rúben Amorim à vitória do Sporting sobre o Tondela (4-0), na 6ª jornada da Liga

Tribuna Expresso

TIAGO PETINGA/LUSA

Partilhar

A vitória

"Foi uma excelente exibição, melhorámos em muitas coisas que falhámos no último jogo. Há dias assim, em que tudo corre bem, mas ainda há coisas a melhorar. São três pontos, vale o mesmo que contra o Gil. É seguir este caminho."

Trocas no ataque, com titularidade de Sporar, Tiago Tomás e João Mário, melhoraram a equipa?

"As exibições dependem muito do adversário. Não é o mesmo enfrentar o Pepe, com todo o respeito, e um central do Tondela, não podemos fazer essas comparações. Mas os jogadores entraram e corresponderam. Mas isso não garante nada. Pela minha experiência como jogador às vezes é preciso alguma sangue fresco após uma semana com três jogos. Mas o jogo de hoje não dá direito a ninguém de ser titular no próximo jogo."

Foi a melhor exibição do Sporting?

"Claramente há que melhrorar a eficácia. Também há que melhorar, porque, com uma equipa que quase não atacou, não sofremos um golo por centímetros. Geralmente as equipas que ganham campeonatos são as que sofrem menos golos. Se não sofrermos, estaremos mais perto de fazer golos. Jogámos bem, os que entraram ainda aceleraram mais o jogo. É difícil comparar jogos, são condições diferentes. Acredito que o adeptos estejam satisfeitos com este tipo de exibições. Eu, enqaunto treinador, não dou assim tanto valor a isso. Da mesma maneira que disse aos jogadores para depois do jogo com o Lask não lerem jornais, agora digo o mesmo. Não leiam jornais amanhã senão vão ser enganados, vão achar que é tudo bom e há que manter o foco."

O 1º lugar

"Sempre acreditei que esta equipa pode vencer qualquer adversário, se levar o jogo ao limite, mas o importante não é agora, o que interessa é no fim do campeonato. Falo novamente para os jogadores: não liguem a tudo o que se fala a seguir a um jogo em que estivemos bem. Temos agora um jogo em Guimarães e esse tem de ser o foco."

A exibição de João Palhinha, que esteve quase a sair do Sporting

"Disse-lhe que ele ia ser um jogador importante, como todos os outros, não foi nada difícil convencê-lo a ficar".

Convocatória para seleção A

"Em relação ao Pedro Gonçalves, ele tem de continuar a trabalhar porque tem muito a melhorar, ainda que tenha feito golos, é preciso manter o nível. Em relação à seleção, fico feliz se tiverem oportunidade, fico feliz por eles, não fico feliz por mim. Mas não me intrometo nessas escolhas. É um orgulho para o clube, também faz falta ter jogadores do Sporting na seleção nacional."

Tondela pressionou muito os centrais do Sporting

"Nesse aspeto melhorámos muito, não tivemos tanta pressa para meter a bola na frente. Jogámos muito mais vezes com o guarda-redes, para não perder a bola. O Tondela subia muito a linha, o Tiago e o Sporar estiveram muito bem a provocar esse espaço, com o João Mário e o Pote de frente para lançar. O mérito foi dos jogadores."

O Pote está on

O Sporting venceu o Tondela, tranquilamente, em Alvalade, com dois golos de Pote, o homem do jogo, um de Porro e outro de Sporar (4-0), e ascendeu à liderança da Liga NOS