Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Sporting

Falar em título? "Não proíbo ninguém. O que eles estão proibidos é parar de trabalhar, de correr"

As declarações de Rúben Amorim no final do Sporting 2 - 0 Paços de Ferreira

Getty Images

Partilhar

Controlo

"Na segunda parte marcámos o golo logo no início e a partir daí fechámos o jogo, não houve grandes oportunidades, estivemos bem fisicamente, podíamos ter estado melhor ofensivamente, ter tido mais bola, aproveitar a vantagem de dois golos, chamar mais o adversário. Não o fizemos, mas defendemos bem, com segurança e acaba por ser justo"

Início ao fim

"Sim. Temos muitos momentos em que esta equipa é muito eficaz, trabalhadora, faz o que tem de fazer e vai crescer com o tempo, para dominar os jogos de início a fim"

Próximo jogo

"É importante, mas nem olhamos tanto a isso. Jogo a jogo, queríamos ganhar, era um jogo importante, contra uma excelente equipa. Era mais um jogo, como temos de ganhar agora ao Portimonense"

Vantagem

"Para mim não significa nada. Ainda há pouco estive a ver: o Liverpool, campeão europeu e depois da Premier League, fez nove pontos em dez jogos. Se o Liverpool, se o Klopp sofre essas derrotas, se os jogadores, se o Thiago Alcantara…"

Falar em título

"Não proíbo ninguém. O que eles estão proibidos é parar de trabalhar, de correr. Agora, cada um diz o que quer dentro da nossa equipa e se perguntar a toda a gente, toda a gente diz o mesmo. É a nossa convicção e é assim que nos vamos manter"