Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Covid-19. Morreu Maria José Valério, voz da “Marcha do Sporting”. Tinha 87 anos

De seu nome completo Maria José Valério Dourado, nasceu a 03 de maio de 1933 na Amadora e protagonizou outros êxitos como “Olha o Polícia Sinaleiro” e “As Carvoeiras”

Lusa

Gualter Fatia

Partilhar

A cançonetista Maria José Valério, que deu voz à “Marcha do Sporting”, morreu esta quarta-feira em Lisboa, aos 87 anos, vítima de covid-19, disse fonte da Casa do Artista.

A intérprete de "Menina dos Telefones" (1961) morreu no Hospital de Santa Maria, onde se encontrava internada.

De seu nome completo Maria José Valério Dourado, nasceu a 03 de maio de 1933 na Amadora e protagonizou outros êxitos como “Olha o Polícia Sinaleiro” e “As Carvoeiras”.

Desde o início do surto na Casa do Artista, durante o mês de janeiro, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) registou oito óbitos naquela instituição.

Nessa altura, a ARSLVT salientou à lusa que, “como é habitual, a autoridade de saúde local, em articulação com a direção da Casa do Artista, determinou as medidas de Saúde Pública adequadas à situação, de acordo com as orientações da DGS [Direção-Geral da Saúde], como sejam a avaliação e a ativação do plano de contingência, testagem, confinamento dos casos positivos e separação dos positivos e negativos”.

A 19 de fevereiro, a instituição tinha 33 casos ativos, cinco dos quais estavam internados.

A Casa do Artista tem cerca de 70 residentes e de 30 funcionários