Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Chama-se Cidade Sporting e vai revitalizar o espaço à volta de Alvalade com "desporto, arte e tecnologia"

O Sporting anunciou a criação de uma artéria para caminhadas e corridas, assim como um campo de basquetebol e um parque de skate, junto ao estádio de Alvalade

Lusa

Andreas Rentz

Partilhar

O Sporting arranca em maio com o projeto Cidade Sporting, com o qual pretende revitalizar toda a zona envolvente ao Estádio José Alvalade, em Lisboa, com a criação de uma ligação ao pavilhão e novas infraestruturas.

“O Sporting Clube de Portugal continua a inovar e, nesse sentido, vai criar a Cidade Sporting, que envolverá desporto, arte e tecnologia”, assinalou o clube no sítio oficial na Internet, explicando que as obras arrancam já em maio.

Nesse mês será feita uma ligação, com uma artéria verde – que simulará uma pista de tartan -, às duas grandes estruturas, o pavilhão e o estádio, e, em junho, o clube avançará com dois espaços de desporto e lazer.

O projeto contempla “a criação de um campo de basquetebol e de um parque de skate junto ao estádio”, com ambos a serem alvo de “pinturas de arte urbana, ganhando também uma dimensão cultural e uma atrativa estética adicional”.

“O campo de basquetebol embora não seja oficialmente de 3x3 – modalidade olímpica a partir deste ano –, está alinhado com o projeto 3x3 BasketArt, promovido pela Federação Portuguesa de Basquetebol (FPB)”, indicou o clube, que pretende atrair mais praticantes para a modalidade, que retomou em 2019/20.

Na informação, o clube sublinha que a ‘Cidade Sporting’ está a ser planeada com a colaboração da Câmara de Lisboa, do Gabinete de Arte Urbana (GAU) e da Junta de Freguesia do Lumiar, num ano de particular importância para o desporto na cidade.

“Este projeto do Sporting vem, assim, de certa forma, também ao encontro da própria cidade de Lisboa, que em 2021 é Capital Europeia do Desporto, e que com isso dará aos lisboetas e aos seus visitantes novos espaços para a prática desportiva”, refere o clube.