Tribuna Expresso

Perfil

Sporting

Sporting avança para a justiça no caso João Mário

Em comunicado, o Sporting acusa o Inter e João Mário de quererem "furtar-se" ao acordado "há cinco anos" e após a confirmação por parte do Benfica da contratação do jogador vai avançar para a via jurídica para "defender os seus interesses"

Tribuna Expresso

ANTONIO COTRIM

Partilhar

O Sporting vai avançar para a justiça no caso João Mário. Em comunicado, o clube de Alvalade garante que "é convicção do Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD que foi usado um expediente para que o Inter e o jogador João Mário se procurassem eximir ao que contrataram com a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD em 2016", nomeadamente a cláusula que obrigaria o Inter a pagar 30 milhões de euros aos leões caso transferissem o médio para outro clube português.

"Esse expediente só ilustra que todas as partes sabiam as obrigações que assumiram em 2016 e a que, volvidos 5 anos, pretendem furtar-se", diz ainda o comunicado.

O Sporting diz que "não deixará de defender" os seus interesses "em sede própria, responsabilizando os intervenientes pelos danos causados e pelo incumprimento das obrigações assumidas".

Leia aqui o comunicado na íntegra:

1 - Em 2016, aquando da transferência do jogador João Mário do Sporting CP para o FC Internazionale Milano, o clube italiano e o Jogador João Mário comprometeram-se, entre outras coisas, a efectuar um pagamento adicional de 30.000.000€ se e quando o jogador viesse a ser inscrito a favor de Clubes portugueses, entre os quais o SLB;

2 - Como é público e notório, o FC Internazionale Milano e o Jogador João Mário acordaram, ontem, na cessação, por acordo, do contrato de trabalho que os unia, para que o jogador, acto contínuo, se vinculasse mediante contrato de trabalho com o SLB; isto depois de o FC Internazionale Milano ter recusado uma proposta da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD pelo jogador em causa;

3 - É convicção do Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD que foi usado um expediente para que o Inter e o jogador João Mário se procurassem eximir ao que contrataram com a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD em 2016;

4 - E que esse expediente só ilustra que todas as partes sabiam as obrigações que assumiram em 2016 e a que, volvidos 5 anos, pretendem furtar-se;

5 - A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD não alimentará publicamente este folhetim, que visa desviar as atenções incómodas sobre outros assuntos da actualidade;

6 - Mas não deixará de defender os interesses do Sporting Clube de Portugal e da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD em sede própria, responsabilizando os intervenientes pelos danos causados e pelo incumprimento das obrigações assumidas.