Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Sporting

Rúben Amorim: "Tivemos várias oportunidades de golo na primeira parte, podíamos ter resolvido o jogo logo aí"

O treinador do Sporting, que venceu o Arouca por 2-1, considera que o segundo golo, de Nuno Santos, fechou o jogo

Carlos Rodrigues/Getty

Partilhar

Jogo

“Sabíamos que seria um jogo difícil, o Arouca preparou-o bem e nós viemos de um jogo da Champions, que perdemos e, numa equipa habituada a ganhar, sente-se sempre. Tivemos várias oportunidades de golo na primeira parte, podíamos ter resolvido o jogo logo aí e não controlámos tão bem o jogo como temos feito. Acabámos por sofrer o empate numa transição após uma bola parada nossa, mas realçar a resposta imediata da equipa e fechámos o jogo logo aí."

Matheus Nunes e a ida à seleção

"Já tínhamos alguma ideia. Obviamente que é uma satisfação, o clube precisa, os nossos jogadores precisam. Fico muito feliz por eles, eles trabalham muito desde o ano passado e estão a colher os frutos. Têm de saber que isto muda de um dia para outro. O Matheus tem de trabalhar e olhar um bocado para o Inácio, que teve uma lesão, não se estreou e agora vai ter de voltar a fazer tudo outra vez. O futebol é mesmo assim, o Matheus e os outros têm de trabalhar todos os dias para voltar a seleção."

Pausa para seleções

"Vamos dar um intervalo à equipa, outros vão para um ambiente diferente e os que ficam cá vão trabalhar, mas também desligar um pouco, pois foram semanas a que não estavam habituados. Desligar, voltar a ligar e vir forte e fresco. Ser der para recuperar os que estão lesionados, melhor ainda."