Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Sporting

Sócios do Sporting aprovam contas por larga maioria, numa Assembleia-Geral com recorde de votação

Mais de sete mil sócios leoninos votaram os relatórios e contas do Sporting relativos às épocas 2019/2020 e 2020/2021 chumbados em assembleias anteriores. E desta vez a aprovação foi esmagadora, com mais de 80% de votos favoráveis em ambos os pontos

Lusa e Tribuna Expresso

Rafael Marchante

Partilhar

Depois de muita polémica, os relatórios e contas do Sporting relativos às épocas 2019/2020 e 2020/2021 foram este sábado aprovados em Assembleia-Geral extraordinária, depois de não terem sido votados favoravelmente em assembleias anteriores.

De acordo com informações fornecidas pelo clube leonino, o relatório e contas da época 2019/2020 foi aprovado com 83,94% dos votos dos 6993 sócios que foram às urnas. Já o relatório da época 2020/2021, votado por 7009 sócios, teve aprovação garantida com 84,50% dos votos.

A participação de mais de 7 mil sócios é um número recorde em votações de Relatórios e Contas do Sporting.

À saída da Assembleia-Geral, Frederico Varandas, presidente do Sporting, enquanto rumava ao Estádio José Alvalade para assistir ao encontro entre os ‘leões’ e o Moreirense (1-0), mostrava já confiança num desfecho favorável.

Já depois de conhecidos os resultados, Varandas sublinhou a grande participação dos sócios. "Há umas semanas, apelei para que os sócios não se esquecessem de um dos seus deveres, que é cuidar do Sporting. Cuidar do Sporting é isto, participarem e darem opinião", sublinhou o presidente leonino, que frisou mais uma vez que a não aprovação das contas seria "um erro" e que os sócios "perceberam a sensibilidade do momento".

"Não é este resultado que vai fazer este Conselho Diretivo alterar o que seja, muito menos perder o contacto com o planeta Terra. Temos muito trabalho para fazer e vamos continua a fazê-lo até ao final do mandato, para continuarmos a ter um Sporting digno, com valores, corajoso e vencedor", disse também o líder leonino após o jogo com o Moreirense.