Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Sporting

Rúben Amorim e as mexidas no onze: “Eu conto com todos, eles estão todos preparados”

Na entrevista rápida à "Sport TV" após a vitória (2-1) contra o Famalicão, o treinador do Sporting falou de uma "vitória justa" e elogiou a partida de Manuel Ugarte, que "precisa de ritmo", ainda que "não seja fácil entrar em todos os jogos"

Tribuna Expresso

Carlos Rodrigues/Getty

Partilhar

Análise ao jogo
"O resultado é justo, claro que podíamos ter acabado com o jogo mais cedo contra uma equipa que, mesmo com 1-0, esteve sempre à espera de um erro nosso. Tivemos de ter paciência, rodar a bola muitas vezes para não perdermos as bolas como aconteceu em Famalicão, o que levou a que eles tivessem muitas oportunidades. Controlámos o jogo, fizemos dois golos e podíamos ter feito mais. Mas depois no fim um golo pode sempre mudar os jogos"

Famalicão melhorou na segunda parte
"Foi diferente, melhorou. Tentou pressionar mais na frente, nós, quando tínhamos a bola no jogo interior, podíamos ter sido um pouco mais agressivos, mas acaba por ser uma vitória justa"

Gostou do rendimento dos jogadores novos que lançou?
"Sim, eu conto com todos, estão todos preparados. Fizeram um bom jogo, o Ugarte esteve bem, fez um golo. Ele precisa de ritmo mas é difícil entrar nos jogos todos. Estou muito satisfeito com toda a gente"

Sporting só precisa de um ponto para passar
"É um ponto importante, agora temos de pensar no campeonato e, jogo a jogo, vamos chegar lá"

  • Matar um fantasma na defesa do título
    Sporting

    O Sporting venceu (2-1) o Famalicão, conseguindo, à sexta tentativa, derrotar a equipa do Minho pela primeira vez desde que esta regressou à I Liga. Graças a golos de Ugarte e Nuno Santos, os "leões", que acabaram o encontro a sofrer para garantir o triunfo, só precisam agora de um empate contra o Penafiel para estarem nas meias-finais da Taça da Liga, que na época passada foi o primeiro troféu ganho por Amorim em Alvalade