Tribuna Expresso

Perfil

Surf

Maya Gabeira bate na Nazaré recorde feminino da maior onda

A brasileira renovou o seu próprio recorde do mundo, ao surfar uma onda de 22,4 metros

lusa

Rafael Marchante

Partilhar

A surfista brasileira Maya Gabeira renovou o seu próprio recorde do mundo feminino da maior onda surfada, com a Guinness World Records a oficializar hoje a marca de 22,4 metros alcançada em fevereiro na Nazaré, em Portugal.

A atleta 'carioca', de 33 anos, bateu a anterior marca, da qual também era detentora, de 20,72 metros, que também tinha sido atingida na Praia do Norte, durante a competição de ondas gigantes.

Maya Gabeira admitiu, no comunicado divulgado pela Liga Mundial de Surf (WSL, na sigla inglesa), que "estava a arriscar mais do que é costume" durante a competição, e que percebeu que naquela onda específica "a velocidade era muito elevada", pelo que sentiu que era a maior onda que jamais surfou.

"Isto é algo com que eu sonhava há anos, mas que não via como realista", lançou, considerando que, apesar de o surf de ondas gigantes ser visto como um desporto dominado pelos homens, é raro ter uma mulher a atingir estas marcas.

O também brasileiro Rodrigo Koxa é o detentor do recorde do mundo masculino, com 24,4 metros, surfados em novembro de 2017 igualmente no 'canhão' da Nazaré.