Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

ITF defende Carlos Ramos: "Agiu em todos os momentos com profissionalismo e integridade"

Foram precisas quase 48 horas, mas a Federação Internacional de Ténis reagiu finalmente à polémica que envolve o árbitro português e Serena Williams, após a final do US Open

Lusa e Tribuna Expresso

Elsa/Getty

Partilhar

A Federação Internacional de Ténis (ITF) respaldou esta segunda-feira a atuação do árbitro Carlos Ramos no incidente protagonizado pela norte-americana Serena Williams, na final feminina do Open dos Estados Unidos.

Em comunicado, a ITF destaca o trajeto e a correra atuação do árbitro português, face à atitude daquela tenista, na final que veio a perder ante a japonesa Naomi Osaka.

"Carlos Ramos é um dos árbitros mais experientes e respeitados no ténis. As suas decisões estiveram de acordo com as regras e foram reafirmadas com a decisão da organização do US Open em multar Serena Williams pelas três ofensas que fez", refere o comunicado.

"É compreensível que este incidente provoque um debate. Ao mesmo tempo, é importante relembrar que o Sr. Ramos aplicou os seus deveres oficiais de acordo com as regras e agiu em todos os momentos com profissionalismo e integridade", pode ler-se ainda no texto.