Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Federer-Nadal em Roland Garros, oito anos depois

Suíço e espanhol vão encontrar-se nas meias-finais do segundo torneio de Grand Slam do ano. Será o 39.º duelo entre os jogadores e o primeiro desde a final 2011 na terra batida francesa

Tribuna Expresso

Pat Scala/Getty

Partilhar

Há oito anos que terra batida de Roland Garros não assiste a um encontro entre Roger Federer e Rafael Nadal. Mas ele vai voltar a acontecer. É nas meias-finais do segundo torneio do Grand Slam do ano que o suíço e o espanhol vão jogar pela 39.ª vez, a 6.ª em Paris. Nas outras cinco ocasiões, a última das quais na final de 2011, Nadal ganhou sempre.

Para chegarem às meias-finais, tanto Nadal como Federer tinham pela frente adversários complicados. No court principal, Nadal, 2.º cabeça de série, acabou por não sentir dificuldades de maior frente ao japonês Kei Nishikori, vencendo em três rápidos sets, com parciais de 6-1, 6-1 e 6-3.

Já Federer, num encontro todo ele suíço, ainda cedeu um set frente a Stan Wawrinka, mas acabou por fechar o duelo em 7-6(4), 4-6, 7-6(5) e 6-4.

Desde 2012 que Federer, que não esteve presente nas últimas três edições de Roland Garros, não chegava tão longe no torneio francês.