Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Osaka cai à primeira em Wimbledon. E a finalista de Roland Garros também

Vencedora do Open dos Estados Unidos em 2018 e o Open da Austrália em 2019 foi eliminada pela cazaque Yulia Putintseva. Já Marketa Vondrousova, finalista vencida do último major, não conseguiu ultrapassar a norte-americana Madison Brengle, 85.ª do ranking

Lusa e Tribuna Expresso

Rob Newell - CameraSport/Getty

Partilhar

A tenista japonesa Naomi Osaka, segunda do ranking mundial, foi esta segunda-feira eliminada na primeira ronda de Wimbledon, terceiro torneio do Grand Slam da temporada, ao perder com a cazaque Yulia Putintseva.

Uma semana depois de perder a liderança da hierarquia mundial, Osaka foi surpreendida por Putintseva, 39.ª, por 7-6 (7-4) e 6-2, em uma hora e 35 minutos.

Depois de vencer sucessivamente o Open dos Estados Unidos em 2018 e o Open da Austrália em 2019, Osaka foi eliminada prematuramente em Roland Garros, onde perdeu na terceira ronda, e agora em Wimbledon.

Na segunda ronda, da qual nunca passou em Wimbledon, Putintseva vai jogar com a suíça Viktorija Golubic, 81.ª do ranking.

A saída de Osaka não foi a única surpresa do 1.º dia de ação no quadro feminino. A checa Marketa Vondrousova, finalista vencida em Roland Garros perdeu com a norte-americana Madison Brengle. A 14.ª do ranking, foi batida em apenas dois sets por Brengle, 85.ª, por 6-4 e 6-4, em uma hora e 12 minutos.

A jovem checa, de 20 anos, continua sem conseguir passar da primeira ronda em Wimbledon, caindo pela terceira vez consecutiva na ronda inaugural do torneio londrino de relva.