Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Pai de Djokovic sobre Federer: “Por que razão pensam que ainda joga aos 40 anos? Porque não concebe que o Novak e o Nadal sejam melhores”

Srdjan Djokovic atirou-se ao tenista suíço numa entrevista a um portal sérvio e diz que em breve Federer vai deixar de ser considerado o melhor de sempre

Tribuna Expresso

Marko Metlas/Getty

Partilhar

Srdjan Djokovic, pai de Novak Djokovic, parece ter iniciado uma guerra contra Roger Federer que redundam em várias declarações polémicas nos últimos meses. Em fevereiro acusou o suíço de ter ciúmes do filho e de não aceitar as derrotas. Agora, numa entrevista ao portal sérvio “Sportklub”, voltou a mostrar antipatia pelo tenista que ainda é o recordista de títulos em torneios do Grand Slam, com 20.

“Por que razão pensam que o Roger Federer ainda joga aos 40 anos? Só joga porque não consegue conceber que tanto o meu filho como o Rafael Nadal sejam melhores do que ele. Ele ainda é tenista mais bem sucedido da história, mas não vai sê-lo por muito mais tempo”, disse Srdjan.

O pai de Djokovic ainda “convidou” Federer, que faz 39 anos em agosto, a dedicar-se a outras atividades que não o ténis: “Que vá criar os seus filhos, que vá esquiar, faça alguma coisa. O ténis não é tudo, é apenas o hóbi atual do meu filho”.