Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Tenista com teste positivo no torneio feminino de Palermo. Mas prova vai continuar

A WTA não divulgou a identidade da jogadora infetada, mas garantiu a realização da prova italiana, que arranca a 3 de agosto e marca o regresso do ténis de forma oficial

Lusa

Carlos Rodrigues

Partilhar

Uma jogadora do circuito WTA testou positivo à covid-19 e foi retirada do torneio de Palermo, que marca o regresso do ténis mundial, após cinco meses de paragem devido à pandemia, anunciou este sábado a organização.

Em comunicado, a WTA não divulgou a identidade da jogadora infetada, mas garantiu que a realização da prova italiana, que arranca oficialmente em 3 de agosto (começaram hoje os jogos de qualificação) não está em causa.

“Houve uma jogadora que testou positivo para a covid-19 e, consequentemente, desistiu do torneio. A tenista não apresenta qualquer sintoma e foi colocada em isolamento, de acordo com o protocolo. Todos aqueles que estiveram em contacto vão ser submetidos a novos testes”, explicou a WTA.

O torneio de Palermo assinala o regresso do ténis mundial, parado desde março devido ao surto do novo coronavírus.

O circuito masculino retorna em meados de agosto, com o torneio de Washington.