Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Ténis

Dois encontros de Wimbledon investigados. Houve apostas suspeitas e resultados poderão ter sido combinados

Em causa estarão um jogo de pares e outro do quadro de singulares masculinos. Alto volume de apostas lançou o alerta de possível viciação de resultados no torneio londrino

Lusa e Tribuna Expresso

Michael Steele/Getty

Partilhar

Duas partidas do torneio de Wimbledon, que terminou no domingo, estão sob investigação devido a possíveis apostas suspeitas, disse esta quarta-feira a Agência Internacional de Integridade do Ténis (ITIA), que terá recebido alertas de empresas do ramo que suspeitaram de resultados viciados.

“É importante perceber que um alerta não é prova de manipulação de resultados”, afirmou um porta-voz da ITIA, explicando que quando a análise de um alerta sugere a atividade corrupta o organismo conduz uma investigação completa e confidencial.

A ITIA não forneceu mais detalhes sobre os encontros que estão a ser investigados, mas de acordo com uma notícia desta semana do jornal alemão "Die Welt" estão em causa um jogo do quadro masculino de pares e outro de singulares masculinos, onde terá estado um jogador germânico que não seria, no entanto, o suspeito de resultados combinados.

O torneio de Wimbledon decorreu entre 28 de junho e 11 de julho e foi vencido pela australiana Ashleigh Barty, em femininos, e pelo sérvio Novak Djokovic, no setor masculino.