Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Estávamos habituados a dança contemporânea e não a um homem de 33 anos que mal sabe dançar a Macarena (Jardel & ca., por Um Azar Do Kralj)

Como é que havemos de dizer isto: Vasco Mendonça não está especialmente feliz após a eliminação do Benfica e a análise parcial que se segue é o reflexo de um certo desgosto e frustração que termina, ainda assim, com uma mensagem aos adversários: "Parabéns aos vencedores"

Vasco Mendonça, Um Azar do Kralj

Carlos Rodrigues

Partilhar

Svilar

Apesar de já ter 19 anos, a simples presença de Svilar no relvado continua a despertar em mim um receio semelhante ao que sinto sempre que os meus filhos pequenos se aproximam de um parapeito sem supervisão mais próxima. No caso das minhas crianças posso intervir de imediato, a titularidade de Svilar não me deixa outra opção senão confiar que ele não irá fazer nenhuma estupidez maior do que aquele bigode. Já sabem como termina esta analogia parva: 9 em cada 10 vezes, Svilar cai do parapeito e levanta-se de imediato com o olhar perplexo de quem não sabe o que aconteceu. Ninguém sabe, de facto, o que aconteceu para este miúdo continuar a jogar.

André Almeida

O seu post publicado no Instagram este domingo dizia de forma galvanizadora que o normal nesta equipa é "paixão, intensidade, coragem, fome de vencer, compromisso com a ideia da equipa, entreajuda, golos, pressão, criatividade e muita, muita UNIÃO". Infelizmente a maioria dos seguidores do jogador não viram o comentário que ele adicionou pouco depois, dizendo "excepto na Taça de Portugal".

Ruben Dias

Não sei o que lhe deu mais trabalho, se anular as investidas do Sporting se impedir Rafa de pedir satisfações a jogadores da equipa adversária já depois do final do jogo. Tanto num caso como noutro, foi dos poucos que esteve à altura dos acontecimentos.

Jardel

Não fez um mau jogo, mas o facto é que nas últimas semanas fomos habituados a um espectáculo de dança contemporânea chamado Ferro e hoje tivemos um homem de 33 anos que mal sabe dançar a Macarena.

Grimaldo

No domingo decidiu comentar o post do amigo André Almeida para criticar os adeptos. É a segunda vez que o faz esta época. Hoje manteve níveis idênticos de inspiração e resolveu entregar a bola a Bruno Fernandes, que agradeceu e colocou o Bruno Fernandes Clube de Portugal na final da Taça.

Fejsa

Se o momento de Ljubomir Fejsa no Benfica fosse uma corrida de fórmula 1, o sérvio seria um piloto da Ligier a levar a sexta volta de avanço. Se fosse um biopic, seria uma daquelas sequências de alguém a recuperar de uma lesão, mas em vez de vermos alguém a correr num relvado veríamos o protagonista a dar os primeiros passos com a ajuda das enfermeiras. Se fosse uma bebida, seria licor de merda. Por falar nisso, acho que preciso de um copo.

Gabriel

Rezemos.

Pizzi

A saída prematura de Gabriel fez com que a construção de jogo fosse deixada quase exclusivamente a seu cargo e Pizzi não se demitiu da responsabilidade, mas é difícil erguer uma vitória quando só o encarregado de obra compareceu.

Rafa

Após 43 faltas sofridas, algumas investidas bem intencionadas no meio campo adversário e uma eliminação em Alvalade, qualquer um perde as estribeiras. No domingo há mais.

João Félix

Pode ser um reforço de peso para Renato Paiva. Isso ou que passe as férias da Páscoa em casa a jogar FIFA e a enviar DMs a miúdas no Instagram.

Seferovic

Lembram-se quando o presidente afirmou que iríamos ter saudades de Rui Vitória e todos rimos? Imaginem se alguém tivesse dito "ainda vão ter saudades do velho Seferovic". Hoje levava.

Gedson Fernandes

Mostrou a espaços que talvez consigamos sobreviver à ausência de Gabriel nos próximos jogos. Se tal não acontecer, talvez seja melhor para todos. O planeta já estava a ir pelo cano de qualquer das formas.

Jonas

À falta de oportunidades no relvado, Jonas marcou o único golo do Benfica esta noite quando respondeu às provocações de adeptos da casa dizendo "vou ficar aqui para ganhar mais vezes de vocês". As pernas de Jonas podem ter a frescura de um septuagenário, mas aquela cabeça continua a decidir rápido e bem.

Taarabt

Lá se foi o sonho de um hat-trick em Alvalade. Talvez o Adel quisesse, mas não pareceu que todos estivessem com ele. Parabéns aos vencedores.