Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Esqueçam Lennon e McCartney, amigos. Rafael Alexandre e Luís Miguel é o que está a dar

Um Azar do Kralj dedicou a Rafa alguns versos de 'We Belong Together', um tema dos Vampire Weekend, e a Pizzi saudou o facto de nenhum gigante europeu andar atrás dele, porque "pode ter os seus defeitos, mas rende muito contra estas equipas mais pequenas"

Vasco Mendonça, Um Azar do Kralj

Carlos Rodrigues

Partilhar

Vlachodimos

Imaginem 90 minutos de sofrimento culminando numa despedida em lágrimas de Bruno Fernandes. Eu sei que é muito difícil visualizar essa possibilidade depois do gang bang desta noite, mas devemos - muito - a Vlachodimos o facto de este jogo já se encontrar disponível nos sites de pornografia mais populares.

Nuno Tavares

Ainda não foi desta que convenceu na posição de lateral direito, mas escusa de ficar tão nervoso em jogos-treino.

Rúben Dias

Nunca se tinha visto numa situação assim, mas soube demonstrar o seu profissionalismo ao marcar impiedosamente o cadáver de Bas Dost. Apesar da fama de caceteiro, deixou que o proveito ficasse para o amigo Bruno Fernandes, que acertou quase tantas vezes na baliza como em Rúben Dias.

Ferro

Perdoem-lhe aquela travadinha logo no início, que o homem veio directo do Bliss.

Grimaldo

Continua a aproveitar da melhor forma as oportunidades dadas por Lage antes de Nuno Tavares tomar conta da posição. Hoje fez o gosto ao pé em lance estudado com Renan.

Florentino-Gabriel

Muita força para as namoradas e esposas dos centrocampistas do Sporting. O stress pós-traumático pode ter efeitos nefastos numa relação. É muito importante que todos consigam levantar a cabeça, esquecer o pesadelo vivido em Loulé à mercê da dupla Florentino-Gabriel, e terminar esta época com dignidade.

Pizzi

Depois de perder o título de melhor jogador da Liga, vingou-se na primeira oportunidade que teve, tornando-se o melhor em campo na Supertaça. Felizmente para nós, o Tottenham e o Manchester United não estão a preparar uma proposta para o levarem do Benfica. Pizzi pode ter os seus defeitos, mas rende muito contra estas equipas mais pequenas.

Rafa

A sua relação com Pizzi é qualquer coisa. Esqueçam Lennon e McCartney. Rafael Alexandre e Luís Miguel, amigos, foram eles a embalar-nos pra a vitória numa harmonia que pareceu saída do mais recente disco dos Vampire Weekend. Ora experimentem rever os golos numa manhã de Verão enquanto ouvem estes versos:

We go together like pots and pans
Surf and sand, bottles and cans
We go together like lions and lambs
Oh, we go together

We go together like Keats and Yeats
Bowls and plates, days and dates
We stay united like these old states
It's how we go together

RDT

Muito se tem questionado os 20 milhões pagos por este Raul, como se não tivessem aprendido a lição com o outro Raul. É mais um do carrossel do Mendes, dizem. Curiosamente, Jorge Mendes deve ser dos tipos mais aborrecidos com a exibição de RDT. O gesto técnico que deixou Bruno Fernandes no chão não é um túnel, é o Canal da Mancha. Não é uma cueca, é um cuecão do tamanho de um lençol. E agora, quem é que vende o Bruno por 70 milhões? O carrossel não faz milagres.

Seferovic

Não pode estar satisfeito. Perante um guarda-redes e uma defesa adversária em liquidação total, esperava-se que o homem mais adiantado aparecesse na ficha de jogo como um dos marcadores. A culpa não foi exactamente dele, mas dos colegas que se entusiasmaram e perceberam que não precisavam dele para dizimar o adversário. Felizmente Seferovic sabe que nesta equipa os golos chegam para todos. No próximo sábado há mais.

Chiquinho

O último miúdo que se estreou a marcar pelo Benfica num jogo frente ao Sporting tem deixado meia Europa em pulgas e algumas freguesias de Portugal à beira de um ataque de nervos. É preciso calma, mas começou bem.

Taarabt

Só para meter nojo.

Jota

Não sei se conhecem aquele presunto muito bom, o Cinco Jotas. O nosso miúdo entrou a tempo de justificar plenamente esta piada estúpida.

  • Uma tolice que acabou em goleada e choro

    Futebol nacional

    O Benfica conquistou a Supertaça ao ganhar, por 5-0, a um Sporting que jogou uma hora com três centrais, num sistema nunca testado na pré-época, em jogos abertos, e, quando voltou à formação experimentada, já Pizzi (dois golos) e Rafa (um dos melhores em campo) estavam a desmantelar a equipa de Marcel Keizer com futebol rápido e vertical