Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

O Benfica foi comido de cebolada, carpaccio, como melão fatiado enfiado goela abaixo. Talvez seja bom chamar o Nhaga (Um Azar do Kralj)

Vasco Mendonça era, até agora, um desconhecido fã de alta culinária. O jogo com o FC Porto de sábado alterou tudo. Esta é a análise amargurada de um benfiquista

Vasco Mendonça, Um Azar do Kralj

Carlos Rodrigues

Partilhar

Vlachodimos

Fala-se muito do jogo de pés de Vlachodimos, mas fica difícil criticar quando o guarda-redes é um dos jogadores que acerta mais passes. Fora isso, evitou uma goleada.

Nuno Tavares

Acho que se visse o André Almeida neste momento dava-lhe um abraço e começava a chorar convulsivamente.

Rúben Dias

Ao contrário de Pizzi, apareceu bem na manobra da equipa, mas confundiu-se e assistiu o adversário para o segundo golo. Erros à parte, pareceu dos mais incomodados.

Ferro

A maior parte das pessoas desconhece este facto, mas existem seis variedades de melão. Por exemplo, os benfiquistas são especialistas numa variedade cultivada por sucessivas equipas do FCP ao longo dos últimos anos. Comemo-lo como calha: às fatias, às vezes cortadas em pequenos cubos, outras vezes são-nos enfiadas inteiras pela goela abaixo. Chega a dar a sensação de que apreciamos o fruto, tal é a frequência com que o degustamos.

Grimaldo

Chegou-se à frente como sério candidato ao lugar de suplente, que até aqui parecia reservado para Nuno Tavares. Agora só falta saber quem será o titular.

Florentino

Acompanhou bem com cebolada.

Samaris

Infelizmente foi servido em carpaccio aos centrocampistas e atacantes do FC Porto, que saborearam e pediram para repetir, mesmo sabendo que era só a entrada. Depois admiram-se que o Marega engorde.

Pizzi

Se alguém o vir por favor entre em contacto com os muitos familiares e amigos que desconhecem o seu paradeiro.

Rafa

Caçaram-no e bem. Há que admiti-lo. Foi ver o Pepe já no balneário a tirar fotos com a carcaça do Rafa, qual caçador de espécies supostamente protegidas.

RDT

Eu começaria por alterar o nome da camisola para um simples Raul. O resto logo se vê. Talvez seja necessário voltar a chamar o Nhaga.

Seferovic

Já este nem com um bruxo vai ao sítio.

Taarabt

Até o Taarabt compreenderá que alguma coisa está mal quando ele é o único jogador esclarecido na sua equipa. Esqueçam as bebedeiras. Aqueles pés estão mais do que reabilitados para a sociedade. Neste momento justifica a titularidade.

Chiquinho

Entrou para ocupar o espaço entre linhas e dotar a equipa de novas formas de ser comida pelo adversário. Bem, pelo menos foi isso que eu vi. Não obstante, merece mais minutos.

Vinicius

Entrou numa fase da partida em que muitos adeptos já tinham percorrido várias estações da linha azul rumo à depressão que os aguardava no lar, pelo que mais não se podia pedir.