Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Noite de gala para o Zidane dos pobrezinhos: atirou os corpos dos adversários para a cova dos eliminados sem piedade (por Um Azar do Kralj)

O Benfica eliminou o Cova da Piedade da Taça de Portugal, sem grandes dificuldades, o que permitiu a Vasco Mendonça deleitar-se com uma bonita série de trocadilhos

Vasco Mendonça (Um Azar do Kralj)

Gualter Fatia

Partilhar

Zlobin

Por um lado ainda não teve intervenções que nos levem a concluir que estamos perante um guarda-redes de eleição. Por outro, não fez nada que nos leve a considerá-lo um novo Svilar. Menos mal.

Tomás Tavares

A sua cabeleira ondulante a níveis razoáveis, curiosamente num jogo em que pareceu ter um adversário mais à sua medida para esta fase da carreira. Enquanto for assim, não corre o risco de chegar ao final do jogo com uma tosquia à máquina zero.

Jardel

Muito bem. Era muito mais fácil ficar em casa a ver a telenovela, mas não, Jardel calçou as chuteiras e pôs-se no cacilheiro a caminho de mais um jogo. É importante que ele saia de casa e esteja com os amigos. Não podemos deixar que o envelhecimento e o cansaço levem a melhor.

Ferro

Apesar da competência exibida, a sua melhor intervenção esta semana foi quando pegou numa caneta e renovou contrato.

Grimaldo

Quem diria que o nosso lateral esquerdo faria tão boa figura no corredor central? Aqui pode liderar a manobra ofensiva, libertando espaço para outras combinações no seu flanco natural, tudo isto sem a preocupação de que os adversários organizem uma festa de baile nas suas costas. Não que ele tenha sempre essa preocupação, mas vocês perceberam.

Samaris

Ainda que o adversário não fosse dos mais acutilantes, Samaris voltou a mostrar argumentos que cimentarão a perplexidade dos adeptos quando for novamente avistado na bancada, desta vez a celebrar o nosso 6-0 ao Portimonense..

Gabriel

Mais uma noite sem se lesionar. Eu não teria arriscado a sua presença em campo, mas também é verdade que o Benfica, clube com 26 taças de Portugal, conquistou apenas 5 nos últimos 30 anos, facto que nos deveria envergonhar e desencadear uma nova campanha publicitária com o hashtag #Rumoà27. Pensando bem, talvez devêssemos colocar o melhor onze nestes jogos e o pior na Champions. Neste caso temos mais hipótese de fazer qualquer coisa decente.

Caio Lucas

Parece saído da linha de montagem que em 2015 produziu um milhão de jogadores medianos, entre os quais um Mehdi Carcela-Gonzalez, exemplar de nome intrigante que foi adquirido pelo Benfica e depressa se tornou um ídolo para milhões de apaixonados pela mediania.

Pizzi

Noite de gala para o Zidane dos pobrezinhos, que abriu o livro e atirou os corpos dos adversários para a cova dos eliminados sem qualquer piedade. No dia em que tiver de explicar aos meus filhos o que é que o pai fica a fazer no computador depois dos jogos do Benfica, vou mostrar-lhes este trocadilho.

Raul de Tomás

A sua vontade de marcar sobrepôs-se ao desejo de viver no lance do segundo golo da partida. É disto que nós precisamos, desde que Raul sobreviva.

Vinicius

Apesar de ainda ter apanhado Pizzi no ranking de melhores marcadores, Vinicius vai-se fazendo, não só pelos golos mas também naquilo que parece capaz de construir com os colegas. Ontem liderou destacadíssimo o ranking de movimentos associativos que vão safando avançados contratados por valores discutíveis com a ajuda do Mendes.

Gedson

O seu programa de reintegração na vida activa continua a decorrer. Quase arrancou um golo do meio-campo que levantaria as bancadas, vá, aqueles 3 degraus do estádio do Cova da Piedade.

Florentino

É bom vê-lo em campo novamente. Que Deus cuide de ti neste regresso, já que os nossos médicos e/ou preparadores físicos não parecem reunir condições.

Cervi

Não é um suplente de luxo, mas também não é nenhuma Primark. Mostrou que merece mais oportunidades.

  • Benfica: sem Raúl, nem Piedade

    Futebol nacional

    Aos bocadinhos, o Benfica foi construindo uma goleada protocolar perante o Cova da Piedade, com dois golos de Pizzi e outros tanto do novo homem-golo Carlos Vinicius. Tudo isto aconteceu perante o olhar ansioso de Raúl de Tomás, estranhamente envolvido nos dois primeiros golos dos encarnados, mas que viu novamente os colegas fazerem aquilo pelo qual é pago: marcar. Ficou 4-0 e o SLB continua na Taça de Portugal