Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

O amigo Gabriel já devia saber que não está num clube onde esta forma de estar é permitida. Se não sabe, façam um desenho (Um Azar do Kralj)

Aqui está a análise de Vasco Mendonça ao jogo Benfica 3-2 Famalicão, primeira mão da meia-final da Taça de Portugal. Contem elogios e críticas a serem consumidos com parcimónia, pois vem aí o clássico de sábado

Vasco Mendonça, Um Azar do Kralj

Carlos Rodrigues

Partilhar

Odysseas

A todos os que acordarem hoje de um coma e virem o número de golos sofridos pelo Benfica nos últimos jogos: a culpa é de todos menos do nosso Ody.

André Almeida

Um de dez corpos humanos que iniciaram o jogo na equipa de Adel Taarabt.

Rúben Dias

Um excelente desarme aos 40 minutos pressagiava uma noite intensa mas de sucesso para a defesa benfiquista, o que demonstra a minha falta de jeito para presságios.

Jardel

Saiu ao intervalo com queixas - dele e dos adeptos. Mal sabíamos nós que íamos sentir a sua falta na segunda parte.

Grimaldo

No final do jogo pediu satisfações à direcção sobre a estratégia desportiva, visto ter sido comido de cebolada por um atleta pertencente ao Benfica.

Gabriel

É raro não conseguir encontrar a mais pequena ponta de piada na exibição de um jogador. Aconteceu ontem com a aparente displicência do Gabriel em meia dúzia de lances de ataque do Famalicão. O nosso amigo já devia saber que não está num clube onde esta forma de estar é permitida. Se ainda não sabe, tentem fazer um desenho. Felizmente, os insultos por mim dirigidos a ele e à sua família acabaram por surtir efeito. Agora está tudo bem - desde que ele não volte a brincar com esta merda.

Taarabt

O canivete suíço do nosso meio-campo foi adquirido em Marrocos e é melhor do que o original. Querem passes de ruptura? Ele encontra-vos. Querem slaloms pelo meio campo fora? É para já. Querem transições defensivas sem a ajuda do Gabriel? Que remédio, vamos a isso. Querem vê-lo em campo no Dragão? Eu diria que sim.

Pizzi

Só de penálti conseguiu faturar contra a terceira defesa mais batida do campeonato. Felizmente daqui a 4 dias tem um daqueles jogos feitos à sua medida (não digam nada, vamos ver se a psicologia invertida resulta).

Cervi

99% de transpiração e 1% de desinspiração.

Chiquinho

Não vou mentir. Ontem bateu uma saudade do puto Félix.

Seferovic

Matem-me.

Ferro

Está na origem do mais aterrorizante Preferes da época benfiquista: preferem um trintão com mentalidade de guerreiro e pernas de septuagenário ou um jovem pleno de frescura física que aborda alguns lances com a convicção de quem descobriu Kierkegaard ao intervalo?

Rafa

Quando vi o Rafa entrar em campo e pouco depois marcar um golo, lembrei-me da primeira vez que vi um tipo das Chaves do Areeiro abrir uma porta com uma radiografia e do quão estúpido me senti por achar que seria muito mais difícil.

Vinicius

Entre outras coisas, impressionou-me especialmente a sua capacidade de conseguir desmarcar-se sem ser apanhado em fora de jogo. Um exemplo para alguns colegas. Não vale a pena individualizar.