Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Limitação de mandatos, não apertar pescoços em AGs e o fim das cheerleaders: 10 desejos dos benfiquistas para o futuro (Um Azar do Kralj)

Vasco Mendonça está num momento "Quarentena, dia 534", mas deixa aqui 10 ideias para um Benfica melhor no futuro. Pelo menos, melhor para os seus sócios

Vasco Mendonça, Um Azar do Kralj

MIGUEL A. LOPES

Partilhar

Quarentena, dia 534. Ainda não aprendi a fazer pão. A família continua a tolerar a minha presença, apesar do humor de cão. Minudências que antes me incomodavam são agora frágeis memórias, embirrações sem qualquer nexo. Quero lá saber o que vem primeiro, se os cereais se o vinho. A mente vai sofrendo o desgaste natural de uma clausura forçada e da avalanche de informação. Sinais promissores de uma vacina pela manhã, um autarca furibundo à hora do almoço, dezoito marcas de margarina, carros, anti-histamínicos, leite e créditos de consumo que garantem estar ao meu lado e que vai ficar tudo bem, apesar de todos sabermos o que dizem as letrinhas pequenas do prospecto.

Os meus filhos mostram uma evolução positiva ao nível da coordenação motora e da capacidade de me tirarem do sério. Um deles já lê, o outro sabe chegar à comida. Aos poucos começam a sair do ninho. Decidi que vou passar menos tempo com eles em 2021, mas tudo farei até lá para os preparar. Vamos aproveitar a tele-escola para que ambos completem a 4ª classe até ao final deste mês. Se a quarentena se prolongar, são meninos para terminar a licenciatura em dezembro. Em breve, serão mais dois a contribuir para a recuperação da economia enquanto gastam copiosamente o seu primeiro salário pago em escudos.

Mas vocês querem é saber de futebol e afins. Pois bem. O Benfica continua a salvar vidas. Já o fazia através do seu futebol, agora fá-lo doando mais equipamentos ao SNS do que meio país junto. Não que eu esteja a contar, mas este campeonato já ganhámos. Com tanta vitória moral neste país, permitam-me que celebre esta. Quanto à outra competição, sinceramente já não me lembro em que lugar íamos, nem sei se interessa. Mas tropecei numa coisa gira por estas dias. O grande benfiquista José Rosário, emissário do clube em Inglaterra, lembrou-se de colocar uma série de 10 questões ao universo benfiquista e a resposta não se fez esperar. A coisa espalhou-se nos meios digitais e mais de 1000 pessoa responderam. O José não só teve a amabilidade de partilhar os resultados com todos os que participaram como aceitou enviar os resultados do inquérito a pessoas como eu, que estaria inebriado no momento em que fui convidado a responder.

Os temas são muitos - apoio aos sócios, estatutos, futebol, modalidades, assembleia geral, bilhética, btw, etc. Não conseguirei falar-vos de tudo, mas o estudo está aqui, caso o queiram descarregar. Vale mesmo a pena. Escolhi as respostas que considerei mais interessantes, por motivos que explico abaixo.

1. VOLTA COMBOIO À BENFICA

92% dos inquiridos deseja o regresso do Comboio Benfica, a parceria com a CP que permitia aos melhores adeptos do mundo dirigirem-se confortavelmente e em grupo para o Estádio da Luz em dia de jogo. Há muito tempo que constatamos que o Benfica tem melhor apoio fora de casa, seja pelos que saem de Lisboa para apoiar seja onde for, seja porque o Benfica é esta coisa enorme que está em maioria onde quer que esteja. Seja como for, poucas coisas me parecem mais importantes do que garantir a presença destes adeptos responsáveis por tantos pontos conquistados ao longo dos anos. Da maneira que isto está, talvez a melhor solução seja comprarmos a CP.

2. LIMITAÇÃO DE MANDATOS

As questões estatutária não foram ignoradas pelos adeptos, em especial uma ideia de eternização no cargo que é comum no poder em Portugal, mas que talvez fosse bom revisitar. Cerca de dois terços dos inquiridos concordam com uma limitação ao número de mandatos e com uma revisão da exigência do número de anos de sócio para presidir aos órgãos sociais. Assino já por baixo. Juntar-lhe-ia a importância de remunerarmos os cargos, proposta que também mereceu a concordância de metade dos inquiridos, que mais seriam se o tema fosse discutido publicamente com a importância que tem. Lá chegaremos, inevitavelmente.

3. ESQUEÇAM LÁ O NOVO EMBLEMA (por enquanto)

Esta é uma das minhas discussões favoritas e uma das que eu sei que está condenada à partida. Sendo eu alguém que ganha a vida a trabalhar na área do marketing, tenho algumas opiniões fortes sobre temas como marcas, design, e outras mariquices do género. Não obstante, também sei que os benfiquistas não estão para isso. Mais de metade dos adeptos recusa-se a fazer alterações ao emblema. No entanto, 40% admitem uma modernização do emblema. Ou seja, com algum trabalho, é possível que uma boa proposta de actualização da marca passe numa AG. Aqui entre nós, acho que poderia ser positivo.

4. ASSEMBLEIAS GERAIS AO FIM DE SEMANA

95% dos adeptos pedem que as assembleias gerais do clube se realizem ao fim de semana e uma percentagem muito próxima solicita a acta da AG até 30 dias depois da sua realização, para não parecer uma daquelas reuniões na empresa em que a única decisão tomada é marcar uma nova reunião. Parece-me legítimo. Já agora, cerca de 100% dos inquiridos preferiam que não se apertassem pescoços durante a realização das AGs. Esta questão não foi colocada no inquérito, mas vão por mim.

5. MELHORAR O SISTEMA DE COMPRA DOS BILHETES

Perto de 90% dos inquiridos concorda com esta proposta. Se eu recebesse um euro por cada pessoa que já vi a relatar dificuldades na compra de bilhetes online, comprava o Sporting.

6. DIA DA CRIANÇA NO ESTÁDIO

Mais de 83% dos inquiridos gostaria de celebrar o dia da criança no estádio. Nada mais justo. Eu concordo, até porque considero que a principal criança a ser beneficiada por esta proposta deva ser eu. Não sei se a Sagres quererá patrocinar esta festa do dia da criança, mas fica a ideia.

7. ACABEM COM AS CHEERLEADERS

Apenas 30% dos sócios que responderam ao inquérito consideram que se deve continuar a lançar estas meninas em campo. Eu cá gostaria muito de saber por que raio é que nos lembrámos de criar uma equipa de cheerleaders em 2019. É uma ideia, como dizê-lo, algo troglodita. E não devia ser necessário explicar isto, como aliás parecem dizer os adeptos do clube. Apenas 6% dos inquiridos são mulheres e isso não impediu a malts de dar a resposta certa. Vejam lá isso.

8. O INFERNO DA LUZ NÃO SE EXPLICA, SENTE-SE

Mais de 86% dos inquiridos concorda com a criação de uma campanha nas redes sociais que demonstre o inferno da Luz. Não percebo se a ideia é convocar mais pessoas a participarem no dito inferno ou se parte dos adeptos quer de facto ver provas da sua existência. É que de inferno a Luz por vezes tem poucochinho. Os assobios a jogadores ou os adeptos que abandonam a bancada aos 80 minutos são infernais, sem dúvida, mas para os nossos.

9. DÊEM UM DESCONTO À MALTA

Mais de 90% dos associados gostaria de ter um desconto na mensalidade da BTV. Talvez fosse porreiro aproveitar a deixa desta crise, que se avizinha longa, e tornar esta uma medida de um stimulus package benfiquista. Os mais carenciados não são menos benfiquistas do que os outros, e agradeceriam.

10. ESTATUTOS, ESTATUTOS, ESTATUTOS

O tema considerado mais importante para a globalidade dos inquiridos. Dá que pensar, não acham? Eu diria que não custa perceber porquê, mas teremos oportunidade de voltar a este tema. Agora é tempo de voltar ao meu estado semi-hibernação. São 11 e meia da manhã, ou, como costumo dizer aos meus filhos neste período de quarentena, whisky o’ clock. Até logo, amigos!