Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Rúben Dias foi ao jardim do Olivier, giroflé, giroflá, o que foi lá ele fazer? Enfiar-lhe um cotovelo... assim não rima, flé, flá

Aqui está a análise irónica e humorística de Vasco Mendonça, de Um Azar do Kralj, aos jogadores que defrontaram a França no Stade de France. Ver com atenção: Semedo, Pepe e João Félix e Ronaldo

FRANCK FIFE

Partilhar

Rui Patrício

Regresso imaculado ao Stade de France, com zero golos sofridos e uma mão cheia de defesas seguras. Faltou o final apoteótico a celebrar com os adeptos nas bancadas, mas para isso teríamos que ter marcado golos, sei lá, termos jogado para ganhar. Talvez isto seja melhor assim, sem adeptos.

Nelson Semedo

Não deve ser fácil começar a época no Barcelona, passar para o Wolves e chegar a meio de Outubro a jogar para o pontinho na selecção. Mas é nestes testes que os grandes se revelam. Nélson Semedo mostrou a fome de que ainda está na equipa B do Benfica. Se continuar assim ainda vai parar ao Bayern.

Ruben Dias

Fui ao jardim do Olivier,
Giroflé Giroflá.
Fui ao jardim do Oliver,
Giroflé flé flá.

O que foste lá fazer?
Enfiar-lhe um cotovelo.
Assim não rima,
Giroflé flé flá.

Pepe

Mbaquem?

William Carvalho

Muito bem a anular a acção dos criativos espanhóis.

Danilo

Enquanto o duplo pivot funcionou, pareceu possível sairmos do Stade de France com os franceses bem seguros pelo pescoço (saudades, Quaresma!).

Bruno Fernandes

Quarto jogo nos últimos 2 meses em que não é o melhor em campo. Preocupante.

Bernardo Silva

*Inserir frase esperançosa sobre a nova geração de jogadores desta seleção, apenas para ser esmagada pela realidade*.

João Félix

Arriscou a vida quando tirou o 102º golo a Ronaldo. Não via o Cristiano tão desesperado na seleção desde que o Nani lhe estragou o melhor golo da carreira. Talvez isso explique o castigo de Fernando Santos, que o colocou como uma espécie de lateral. E achava o Félix que o Simeone era difícil de compreender.

Ronaldo

Percebeu-se que não queria por nada perder isto. Talvez por isso tenha acabado a recuar para ajudar a defesa, momentos antes de quase bater Lloris. Continua a fazer tudo o que está ao seu alcance para envergonhar (e inspirar) os miúdos com menos 15 anos que chegam à seleção com uma mão à frente e outra atrás. Falhou no último terço do terreno, designadamente por não ter enfiado uma galheta no Pavard.

Renato Sanches

Pecou por excesso, conduzindo demasiadas vezes a equipa na direção da baliza adversária. Fernando Santos não terá gostado da ousadia.

Diogo Jota

Mostrou elevação quando decidiu contestar as decisões do árbitro em espanhol. Eu teria mandado o gajo pastar no meu idioma nativo.

Trincão

Chuta daí caraças!

João Cancelo

Infelizmente o João Félix já tinha saído, caso contrário teríamos batido um novo record do Guiness de laterais simultaneamente em jogo.