Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Um Azar do Kralj pergunta: alguém sabe de Vieira? Já esmurrou uma mesa ou vai despejar dinheiro em cima dos problemas?

Vasco Mendonça decidiu incluir o presidente do Benfica na sua análise humorística aos que jogaram pelos encarnados na Supertaça. O autor convida à leitura destes textos sarcásticos com os votos de um Feliz Natal, mas apenas para alguns. E pergunta também a Jesus

Vasco Mendonça (Um Azar do Kralj)

NurPhoto

Partilhar

Vlachodimos

Bem, pelo menos não foi dar os parabéns ao Taremi por ter cavado o penálti.

Gilberto

Eu até podia elogiar mais uma vez a natureza esforçada de todas as acções realizadas por Gilberto, desde os vários desarmes ao golo evitado em cima da linha, mas nós não estamos no inter-t urmas e o Gilberto não é meu filho. O copo não está meio cheio. Está meio vazio, e cheio de merda.

Otamendi

Num coletivo com disfunção eréctil e lapsos de memória que aparentemente levam a esquecer como funciona o aparelho genital (feminino ou masculino, cada um sabe de si), Otamendi bem tentou erguer a equipa partindo de trás (isto está a ficar estranho) mas acabou como a voz confusa e perdida que diz no escuro “desculpa, isto não me costuma acontecer”, “devo ter bebido demais”. Apesar da desilusão, conseguiu ser o nosso melhor jogador em campo e dos poucos que não pareceu intimidado no final de contas. Vê lá se ensinas alguma coisa aos outros.

Verthongen

Não percebemos nada disto. Todos cheios de medo porque íamos jogar com os centrais jarretas e afinal foi o que se viu. A saber: Verthongen e Otamendi foram provavelmente os únicos dois adultos vestidos de encarnado que passaram por Aveiro ontem. Agora decidam a história que querem contar a vocês mesmos: se é assim porque o Pai Natal só chega esta noite pela chaminé ou porque, tal como este Benfica, não existe.

Grimaldo

18 cms a mais a colocar em jogo Taremi no lance do penalty, 18 cms a menos no livre que bate no poste. Talvez fosse insignificante se não estivéssemos a falar de um toque rectal.

Weigl

Mudou-se para Portugal porque precisava de um novo desafio profissional e queria conhecer novas culturas. Pois bem, aqui tens um Natal à Benfica: viajar alegremente até Aveiro para levar no focinho que nem gente grande. Feliz Natal, Julian.

Taarabt

A vida dá voltas muito estranhas. O mesmo futebol que salvou Adel Taarabt do alcoolismo ameaça agora atirar milhões de benfiquistas para esse beco sem saída. E as exibições de Taarabt têm sido aquele empregado que nos serve sem parar até o bar fechar, indiferente ao caminho que teremos de fazer até casa. Felizmente tudo isto não passa de uma analogia e eu estou em casa, portanto posso continuar a beber.

Rafa

Jorge Jesus é um treinador famoso pelo que consegue ensinar aos jogadores nos treinos, mas isso não parece estar a resultar com Rafa (e com a maioria, já agora). Sugiro um novo método: raptar o buldogue francês do Rafa e bloquear o instagram do rapaz. E não me digam que não é possível. Peçam ao Jorge Mendes ou ao César Boaventura, algum deles há-de conhecer o Mark Zuckerberg.

Waldschmidt

Chegou a ameaçar com um passe esperto para o Grimaldo, mas deve ter acabado a noite a afogar as mágoas com ovos moles numa moradia geminada na Aroeira. Parece que foi ontem que Jorge Jesus afirmou de peito feito que os adversários até podiam defender com seis que isso não seria problema. Resta saber para quem é que isso não é um problema. Para ele? Para os jogadores? Para os adeptos? Para Luís Filipe Vieira? É que parece ser um problema para toda a gente exceto para os nossos adversários. Ontem o Waldschmidt queria ter sentido o que era ser o Bayern português a bater inapelavelmente o Borussia Dortmund. Em vez disso regressou ao onze titular do Friburgo para uma visita amistosa a Munique.

Everton

Se fôssemos colegas de trabalho e me saísse o Everton como amigo secreto, eu não ia à Tiger. Passava por uma farmácia para comprar anti-depressivos. O mais provável seria acabarmos os dois a tomar aquilo.

Darwin

Muito se tem falado na hipótese do Barcelona, mas olhem que eu vendia-o ao FC Porto para ir alternando com Pepe e Mbemba. O entrosamento revelado com os centrais foi notável. Parecia que já tinham jogado juntos. Cortava-lhe meio salário por dois ou três momentos em que pareceu querer ser amigo dos adversários. Até o Pepe ficou com cara de “Tás parvo? Larga-me, não é suposto sermos amigos, eu ia enfiar-te um cotovelo na cara já no próximo lance.”

Seferovic

Substituiu Rafa e apareceu como um desconhecido que alguém leva para casa na noite de Natal. Felizmente os defesas portistas são grandes anfitriões. Primeiro receberam-no como se fosse da casa e depois cortaram-no em pedaços suculentos para que toda a família pudesse saborear.

Nuno Tavares

Por incrível que pareça, só a partir daqui dei por mim a questionar-me se tinha bebido demais ou se tudo isto estava mesmo a acontecer.

Pedrinho

Meter o Pedrinho em campo aos 89 minutos de um jogo em que a equipa foi incapaz de criar ocasiões de golo. Já me fizeram piretes mais discretos do que este.

Diogo Gonçalves

Diogo, fala com o teu agente e foge daqui enquanto é tempo. Vai ter com os teus amigos no Almería.

Luís Filipe Vieira

Alguém sabe dele? Onde está o proverbial murro na mesa? Preciso de saber que alguma mesa foi esmurrada após o jogo de ontem. Ou será que vai despejar mais um saco de dinheiro em cima dos problemas?