Tribuna Expresso

Perfil

Um Azar do Kralj

Uma dica de marketing de Um Azar do Kralj: comecem a fazer uns pinos de treino com um carrapito para homenagear o nosso Darwin

Na sua análise humorística ao Santa Clara-Benfica (1-1), Vasco Mendonça lamentou a exibição benfiquista: "Às vezes fico com inveja dos adversários diretos do Taarabt. Também eu por vezes gostaria de levar uma cotovelada que me toldasse a visão e assim me impedisse de acompanhar devidamente o jogo"

Vasco Mendonça (Um Azar do Kralj)

NurPhoto

Partilhar

Vlachodimos

Imaginem ver um acidente tão de perto e não vos ser permitido fazer o suficiente para o evitar. Este homem arrisca-se a sair do Benfica com stress pós-traumático. Já eu estou a tentar esquecer aquele último passe para fora mesmo a terminar o jogo e não há maneira.

Gilberto

A glória escapou-lhe por pouco. Preparava-se para garantir a vitória entrando em campo com uma ligadura da nossa cor, da cor do sangue que só ele pareceu disposto a deixar em campo ontem. Não admira que o mister tenha dito que perdemos por causa da saída dele.

Ferro

O que dizer? Na busca incessante por responsáveis pelo fracasso de ontem, não encontrei as impressões digitais do nosso Francisco Ferreira. Se por isso devemos aplaudir o seu regresso? Neste momento tenho dificuldade em aplaudir o facto de estarmos todos vivos. Não me peçam o impossível.

Vertonghen

Se o futebol fosse uma modalidade em que ganhava quem tinha o central mais experiente e atento, ontem teríamos celebrado uma goleada com um poker do nosso Super Jan. Mas uma vez que esta merda se joga com balizas e é suposto enfiar lá a bola, torna-se mais complicado sair à rua para celebrar os nossos desarmes in extremis.

Grimaldo

Ontem lembrei-me de um jogo contra o Belém SAD em que o Grimaldo se queixou que os adeptos só sabiam criticar. O que será que ele diz hoje? Nada. Fica caladinho que nem um rato. A minha sugestão para o primeiro jogo em casa é que os jogadores percorram um corredor de adeptos desde o Edmundo até ao estádio. Joga a titular quem sobreviver aos calduços até lá. Esperemos que a coisa se fique por calduços.

Weigl

Exibição menos expressiva que deverá motivar um novo folhetim “Jesus pede Arão” já esta noite na CMTV.

Taarabt

Às vezes fico com inveja dos adversários diretos do Taarabt. Também eu por vezes gostaria de levar uma cotovelada que me toldasse a visão e assim me impedisse de acompanhar devidamente o jogo.

Rafa

A minha suspeita é que o Rafa precisa levar uma dura do Luisão no mínimo a cada 45 minutos. Talvez assim se lembre que um jogo de futebol tem duas metades de 45 minutos e mais uns minutos de desconto em que, sei lá, a malta pode tentar rematar à baliza.

Everton

Yesterday
All my troubles seemed so far away
Now it looks as though they're here to stay
Oh, I believe in yesterday

Suddenly
I'm not half the man I used to be
There's a shadow hangin' over me
Oh, yesterday came suddenly

Waldschmidt

Inspirou a minha nova atitude em relação aos jogos do Benfica: chamem-me se o Waldschmidt fizer alguma coisa de jeito. Ou então quando o treinador o tirar de campo porque não sei.

Darwin

Se houvesse sentido de humor no marketing da Decathlon, começavam a fazer uns pinos de treino com um carrapito para homenagear o nosso Darwin.

Pizzi

Tal como eu depois de beber dois cafés por ter dormido pouco antes da joga semanal, também Pizzi entrou munido de uma ideia de vontade mas sem absolutas condições para promover a mudança necessária para levar de vencida um super Santa Clara.

Chiquinho

Não me levem a mal, mas prefiro mil vezes o Vira.

Ferreyra

Serenity now.